segunda-feira, dezembro 25, 2017

Leo Vieira: Livros de Natal

Vocês doam livros de presente? Os livros de seus acervos pessoais mesmo. Eu estou 
experimentando fazer isso. Como eu tenho pouco espaço e estava complicando aqui pra manter, tive que fazer mesmo. Foi difícil, porque eu me apego muito com o que leio e gosto, mas precisava tomar uma decisão. 
Tem muitos livros que dificilmente eu leria novamente. O certo é manter nas estantes somente as obras preferidas. As que você não gostar muito ou então que não terá mais vontade de reler, desfaça mesmo. Doe. Sempre terá alguém fã daquele gênero literário. Inclusive, você dando um livro cuja pessoa goste, você se tornará inesquecível pra ela. 
Se for livro doado com dedicatória e você não quiser manter, doe-o para uma biblioteca. Jamais o venda! 
Feliz Natal a todos! Muita felicidade, amor, paz e livros de presente!
Leo Vieira


Magnólea

® Leo Vieira- Direitos Reservados

ESCRITOR (romances, contos, crônicas, composições musicais e roteiros [com filiações e reconhecimentos acadêmicos]), ATOR (teatro e dublagem [com DRT]), ILUSTRADOR (personagens próprios, quadrinhos independentes e desenho animado), e PRODUTOR CULTURAL (feiras literárias). Sua formação é teológica; atualmente está estudando Pedagogia (faculdade), Jornalismo, Cinema e Marketing (por conta própria).

33 comentários :

  1. Oi Leo, eu sempre fiz isso, além das trocas tradicionais. Os que não me ganharam totalmente abro espaço para novos. Aqui no shopping perto de casa está tendo uma coleta de livros e já separei alguns para levar.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Rose. Faça assim mesmo.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  2. É muito bacana essa iniciativa! Como eu sou muito apegada a todos que tenho aqui, ainda não doei nenhum. Mas quem sabe mais pra frente, né?

    Um beijo, Pri :*

    Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pri. Eu também. Tinha uma ciumeira que não gostava nem que se aproximassem das estantes. Alguns eu nem mesmo deixava à mostra. Emprestar, tão pouco. E quando algum livro voltava amassado, até desfazia amizade!
      Mas como tudo em excesso também nos prejudica, o excesso de livros (inclusive livros desnecessários) não estava me fazendo bem. Ficava ansioso para ler tudo, não tinha tempo para consultar outros mais importantes, me aborrecia perder tempo lendo livro ruim e a coisa foi fugindo do controle.
      Pratique o desapego também.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  3. Oie!
    Então, até concordo que é preciso doar sim.
    Mas hoje em dia livros são bem caros, eu costumo vender (quando vendo) pra comprar outros, ou troco por outros também. Mas achei louvável a sua atitude, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem, Jéssica. Como os sebos estão pagando muito pouco para livros usados, eu acabo doando mesmo para quem realmente tem interesse no livro. Não adianta também doar um livro para alguém que vai empurrá-lo eternamente em uma estante. Eu costumo selecionar quem irá recebê-lo. Tenho feito isso aqui no meu trabalho. Livro precisa circular mesmo.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Este ano separei mais de 40 livros para doação, a maioria deles foram para a biblioteca da minha antiga escola!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, Angélica! Por alguns anos, eu participei de um movimento cultural literário chamado "Recicla Leitores", que recebia livros de todo o tipo, restaurava, encapava, etiquetava, deixava tudo bonitinho e assim repassava para todos os leitores interessados, através dos eventos que realizavam. Foi uma época muito legal.
      A ideologia é maravilhosa e precisa ser adotada por todos nós. Em qualquer lugar do mundo, existem livros feitos para cada um.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  5. No ano passado doei alguns livros para a biblioteca municipal e outros foram doados para uma feira do livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Muito bem, Cidália. Vamos praticar o desapego porque assim isso volta pra gente também.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  6. Oii
    Sempre procuro doar os livros que não gostam muito ou até alguns que gostei mas não pretendo manter aqui, afinal outras pessoas podem aproveitar melhor eles kk Adorei o post e Feliz Natal atrasado.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bia. Dificilmente eu odeio algum tipo de livro. Já li muitos onde percebi que o autor não foi muito claro no que queria passar. Daí eu relevei e fiz pesquisas paralelas mesmo. É como aquela frase de que não existe piada ruim e sim piada mal contada. Já teve alguns que considerei o assunto mentiroso e desonesto e me deu vontade de cuspir no livro. Picotei, e separei os pedaços no lixo mesmo.
      Beijos,
      Leo vieira

      Excluir
  7. Olá Léo,
    Eu tenho o costume de doar livros sim, eu sempre faço a limpa na estante e estou tirando algumas coisas. Confesso que o apego está falando mais alto nesses últimos dias, mas eu curto desapegar. É bom pra todos.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna! Faça assim mesmo. Ter e manter o essencial nos torna mais produtivos e menos ansiosos.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  8. Eu estou sempre fazendo doações de livros, quando a estante não cabe mais eu me desapego de alguns até poder comprar outra ou colocar prateleiras para caber mais livros. Em todo caso, sempre tem um ou outro que eu dou não só para amigos, mas para os seguidores do meu blog também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Beatriz! Seria maravilhoso ter um cômodo da casa somente para ostentar as estantes lotadas de livros. Mas é muito mais legal compartilhar a felicidade que essas leituras proporcionam com os demais. Selecione os leitores dos livros e seja inesquecível!
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  9. Oiii Léo

    Com certeza, a gente tem que aprender a desapegar. Sempre tme aquele livro que é queridinho, que não queremos ver sair da estante e que vez ou outra sentimos vontade de reler, esses tudo bem manter. Mas também não entendo o pra quê manter uma estante enorme sendo que jamais voltará a reler aqueles livros? Me parece conhecimento estocado, aprisionado. Vc está cheio de razão.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Alice. Quanto menos coisas temos, mais libertos nos sentimos. Dá até uma certa leveza ver que o essencial está sempre diminuindo.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?

    Eu achei bem legal a sua iniciativa, eu por exemplo devo ter doado mais de 40 livros durante o ano, pois recebo muitos livros e é uma oportunidade de outras pessoas terem acesso aos livros. Eu doei aqueles que não me identifico muito ou alguns que eu sei que não iria ler novamente!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem! Eu tenho feito isso quase que diariamente. Eu procuro conhecer mais as pessoas, sabendo sobre os seus gostos literários preferidos. Em seguida, seleciono os livros corretos e as presenteio. Faça desta forma também e se tornará uma pessoa inesquecível.
      Grande abraço,
      Leo Vieira

      Excluir
  11. Olá!
    As vezes eu consigo doar em outras até realizo alguns sorteios no blog. Mas independente de qual caminho opto, se for um livro que não vou pegar mais pra ler, não vejo problema algum em disponibilizar para alguém que irá aproveitar até mais que eu. E acho que isso tem que ser com tudo na vida né, sou bem desapega a bens materiais, então sempre que posso ajudo com alguma coisa.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila. Tudo em excesso nos torna ansiosos e também frustrados por não termos mais tempo para aproveitar tudo isso. Desfrute com uma boa leitura selecionada e também contemple pessoas selecionadas com outros livros.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  12. Oi, Leo! Cheguei à mesma conclusão que vc: Não dá pra ostentar livro na estante que você só leu uma vez e que sabe que não vai mais ler. Doar é uma ótima opção. Tem também o movimento Esqueça um livro que incentiva as pessoas a "esquecer" um livro em determinado ponto estratégico, para que alguém o encontre e o leia. Tem um site a respeito, inclusive.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem, Lucy. Existem mais de 130 milhões de livros registrados pelo mundo. Por mais que uma pessoa não goste de ler, sempre haverá muitos livros feitos especialmente para cada uma delas. Nada que a curiosidade e o experimento não consigam resolver.
      Vamos incentivar esses novos leitores.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  13. Olá, tudo bem? Desde que entrei nesta vida de leitor tenho isso em mente. É impossível você ter muitos livros sem tomar espaço, dar dor de cabeça por falta de espaço e ainda dar conta de limpá-lo. Vira e mexe todo ano doo ou sorteio livros que sei que não irei ler mais. Não adianta nada ser um acumulador se não leu nem metade do que estava lá. Adorei o incentivo a doação!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Eu digo mais; vejo até mesmo hipocrisia nesses blogueiros/leitores que compram coleções luxuosas de capa dura somente para ilustrar nas estantes. Imensa bobagem! Enganam a si mesmos.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  14. Que post lindoo! Isso me fez lembrar de uma tirinha onde o leitor doava os seus livros para que outros leitores tivessem as mesmas sensações de contentamento ao ler uma história muito boa. É um gesto muito bonito mesmo e é legal desapegar de vez em quando, pois assim podemos conhecer outras histórias igualmente incríveis. Bjss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Jennifer! É aquela teoria de esvaziar a xícara para receber chá novo. Vamos diminuir o volume de livros em nossas estantes para poder preencher de novidades.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  15. vezemquando eu faço isso, desapego e sorteio entre meus alunos ao longo do ano, dou pra amigos e por ai vai... é uma maneira de personalizar a estante, além de fazer com que novas leituras sejam feitas... abre-se espaço para o novo hehehe
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem, Maria. Continue assim.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  16. Oi, Leo!
    Achei seu gesto muito generoso, pena que não sou assim kkk de qualquer maneira, acabei ampliando minha estante e sonho em ter minha própria biblioteca. Me apego demais aos livros e não tenho coragem de doá-los. Sou egoísta nessas partes rsrs
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. eu tenho seriosproblemas com isso, não consigo me desfazer de livros, nem de nada. tenho muita dificuldade em desapegar sabe?
    acho isso bem ruim pq a leitura deve ser repassada, mas vou trabalhar esse meu lado

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!. ♥♥
Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
Comentários ofensivos serão apagados!