segunda-feira, março 05, 2018

Leo Vieira: Escrevendo como Hábito

A escrita é uma atividade cativante e às vezes ingrata. Não podemos esperar ganhar dinheiro e o mundo. Mas a gente vai conquistando aos poucos com paciência e sabedoria.
Eu acho que escrever é uma tarefa que exige disciplina. Todos nós temos esse dom porque somos estimulados a escrever desde cedo. Cartas, redações, textos, etc.
Todos nós sabemos contar histórias. O fato de desenvolver a habilidade, depende do empenho de cada um.
Escrever é igual bater massa de bolo. Se parar, embola tudo e o fermento é a imaginação.
Uma dica legal é ter um diário. Escrever manuscritamente é uma forma prática de relaxar porque a escrita a mão mexe também no cérebro. Exponha emoções, ideias, soluções que o seu cérebro estará interagindo com você. O blog virtual é totalmente diferente do bom e velho diário em caderninho.

Leo Vieira

Magnólea

® Leo Vieira- Direitos Reservados

ESCRITOR (romances, contos, crônicas, composições musicais e roteiros [com filiações e reconhecimentos acadêmicos]), ATOR (teatro e dublagem [com DRT]), ILUSTRADOR (personagens próprios, quadrinhos independentes e desenho animado), e PRODUTOR CULTURAL (feiras literárias). Sua formação é teológica; atualmente está estudando Pedagogia (faculdade), Jornalismo, Cinema e Marketing (por conta própria).

16 comentários:

  1. É assim mesmo: a escrita é um processo e precisamos ser persistentes e não desistir. Fazer da escrita um hábito é crucial para que desenvolvamos essa habilidade e de fato escrever manuscritamente ajuda muito. Achei o post muito bacana, até porque todos nós temos a capacidade de escrever bons textos, só depende de cada um de nós. Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Wesley. Hoje mesmo eu escrevi em 3 páginas de caderno e já vou passar para o HD.
      Abraços,
      Leo Vieira

      Excluir
  2. eu que não sou escritora, nem almejo ser sempre ando com bloquinho pra escrever alguns devaneios ao longo do dia heheheh
    é um hábito bastante válido...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Valéria! Faz muito bem. Eu estou com um monte de projetos que não sei ainda se colocarei em prática. Mas é uma coisa muito legal poder consultar sempre.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  3. Hey, Leo!

    Amo escrever, desde pequena.
    E eu mantenho diários, sim. Hoje já não escrevo nele com tanta frequência, mas sempre estou escrevendo uma coisa ou outra.
    É um exercício excelente!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sandra! Eu escrevo muito, desde criança e mesmo sem pretensão alguma em publicar. Escrever é uma forma maravilhosa de expor sentimentos.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  4. Olá, tudo bem?
    Eu sempre gostei muito de escrever, muito pelo fato de que tenho o hábito de leitura desde pequena. Acredito que são duas coisas totalmente ligadas e, normalmente, quem gosta de ler, gosta de escrever também.
    Não concordo muito que todos tenham o dom de escrever, porque acho que quando falamos de dom é algo mais profundo. Para mim, o verdadeiro dom para a escrita envolve a imaginação, a capacidade de tocar os outros com suas palavras e despertar sentimentos. Nem todo mundo consegue fazer isso, por mais que se dedique a escrever.
    No entanto, concordo que o hábito é importante: quem tem o dom para a escrita, irá aprimorá-lo; quem não tem, pelo menos vai praticar e ter uma escrita melhor e mais adequada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Luíza! Obrigado pelo comentário. Eu acho que um dos grandes erros é falar: "eu queria tanto ter esse dom..." O certo seria: "eu queria poder exercitar mais esse dom". A escrita é tão essencial quanto a matemática. Você vive calculando (mesmo que não seja por profissão) e também vive escrevendo (mesmo que não seja para fins culturais profissionais).
      Eu acho que todos nós temos vocação. Talento é questão de persistência e treino.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  5. Olá, tudo bem Leo?
    Eu não sou escritor, mas já pensei em escrever algum livro ou conto ambientado em alguns séculos passados, o que falta é determinação, colocar em prática a escrita de forma diária!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amigo! Eu te entendo. Quando decidi escrever o meu primeiro livro, após vários anos de análise e pesquisa, levei praticamente um ano a mais somente para preparar tudo para a escrita. Mas também quando comecei, terminei em 3 semanas. Hoje tem títulos meus que eu escrevo em sete horas seguidas. Mas também eu tenho que ter toda a ideia pronta e o argumento definido.
      Estou cheio de projetos prontos guardados. Não estou com pressa para publicá-los. Na verdade, nem sei se realmente publicarei. Questão de tempo também.
      Abraços,
      Leo Vieira

      Excluir
  6. Oiiie

    Adorei seu post. Eu acredito que quanto mais fizermos da escrita um hábito, mas fácil será :)

    Vou seguir algumas dicas

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  7. Oi.
    Eu não concordo com esta frase: 'O fato de desenvolver a habilidade, depende do empenho de cada um.' mas como restante eu assino, você está correto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário. No meu caso, muitas situações dependeu de empenho e treino mesmo.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir
  8. Olá,
    Acho que escrever bem requer um pouco de cada coisa, mas precisa ter talento natural também. Acredito em estudar, e em exercitar a escrita, mas talento realmente ajuda bastante.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Debyh. Obrigado pelo comentário.
      Beijos,
      Leo Vieira

      Excluir

Obrigada pela visita!. ♥♥
Comentários ofensivos serão apagados!