sexta-feira, maio 25, 2018

[Resenha] A filha secreta - Lisa Gardner

Sinopse

1977. Numa cadeia no Texas, um assassino em série responsável pela morte de várias crianças é executado na cadeira elétrica na presença de diversas testemunhas, entre as quais a mãe e o irmão da pequena Meagan Stokes, uma das suas vítimas. Nessa mesma noite, uma menina de nove anos acorda num hospital de Boston sem ter qualquer memória do seu passado. É atendida pelo doutor Stokes, que nessa noite preferira ficar de plantão em vez de assistir à execução do assassino da filha. Boston, vinte anos depois. A vida de Melanie Stokes é quase perfeita. Abandonada num hospital quando tinha nove anos, foi adotada pelos Stokes, uma família abastada de Boston que a acolheu após o assassinato brutal da sua filha Meagan. Porém, a jovem sofre por não ter qualquer memória antes da adoção, e o aparecimento súbito de um jornalista ansioso por desenterrar o passado irá virar a sua existência do avesso… Estará Melanie realmente disposta a descobrir quem é, mesmo que isso implique que o seu verdadeiro pai seja um assassino?

Olá pessoal!
A sinopse de A filha secreta - Lisa Gardner já diz bastante do que nos espera e eu comecei a ler com uma expectativa bem grande e não me arrependi.
O que a sinopse não diz é que Russel Lee Holmes fora sentenciado à cadeira elétrica por matar seis crianças e só depois da sentença é que confidenciou a um jornalista que cobria o caso que matara Meagan Stokes e por isso as autoridades pararam a investigação sobre a morte da mesma.
O fato é que Meagan fora encontrada sem a cabeça e sem as mãos e este fato não fazia parte do modo que Lee operava. E isso é um fator relevante.
No dia da Execução de Russel Lee, uma garotinha foi encontrada com choque anafilático no hospital onde o pai de Meagan trabalhava fora cuidada por ele e tempos depois ele a adotou e passou a se chamar Melanie Stoker.
Melanie nunca se lembrou de como era sua vida antes e quando lhe perguntavam na época como se chamava dizia ser a filha do papai.
Vinte anos depois Melanie tem uma vida perfeita, pais amorosos e benevolentes, porém ela tem tido flashes de quando era criança junto com uma dor de cabeça e para piorar tem sido assediada pelo jornalista dizendo que sabe a verdade de quem ela realmente era. E como se não bastasse pessoas muito próximas dela inclusive sua família, pai, mãe e irmão começam a receber bilhetes com a seguinte frase: “Temos o que merecemos”.
Quem é Melanie? A resposta à essa pergunta elucida o caso. Alguém quer muito que ela se lembre, já outras a preferem morta antes que ela se lembre ou que alguém resolva contar. Com isso os envolvidos entram em jogo muito perigoso.
Melanie com certeza estava correndo risco de morte e entra em cena David Riggs, um policial disfarçado que estava no caso do “ colarinho branco” e nesse momento o maior suspeito de fraude era o pai de Melanie de quem ele vinha seguindo os passos. Quando se depara com esse caso não consegue ficar de fora, mesmo sabendo que poderia perder o emprego e com todos os problemas de saúde que tem faz de tudo para elucidar esse caso e livrar Melanie do perigo.
Com a investigação se descobre o quanto o ser humano pode ser cruel em nome do poder, da ganância e status.
Realmente o final é surpreendente e a leitura é tão instigante que fica difícil largar. O enredo é composto de mistérios, mas também tem de leve um romance entre Melanie e Diggs gostoso de acompanhar ( risos)
Eu recomendo sem receio. Eu sempre tive curiosidade em ler um livro de Lisa Gardner mas sempre ficava com receio e fiquei muito feliz por ter lido, até vou procurar outros títulos da autora.
A única ressalva que faço é; baixei o e-book e a tradução foi feita para o português de Portugal ( nada contra o idioma, só acho que aproveitaria mais a leitura em português Brasil) e dando uma olhadinha na Amazon, não tem a opção de compra em reais. Como a edição é de 2012 você pode encontrar em sebos ou e-books em sites de downloads gratuítos, tanto pela livraria Bertrand ou Editora Círculo dos leitores.
E aí vocês já leram, conhecem a autora? Me conta aí nos comentários. Beijos.

48 anos até novembro, paulistana, louca por livros de terror, Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa outros gêneros. Também apaixonada por filmes e séries.

5 comentários :

  1. A sinopse não instiga muito à leitura, mas, uaaaaaaaau, sua resenha me deixou super interessada!! Essa história parece ser bem legal e eu quero saber quem é a Melanie!! Até agora não tinha lido nada a respeito desse livro e já vou adicioná-lo a minha lista porque a curiosidade bateu forte aqui!

    ResponderExcluir
  2. com um enredo desses também pegaria o livro, que por sinal não conhecia, com altas expectativas. Eu já fiquei aqui babando nessa leitura, está bem no estilo do que procuro nos últimos tempos.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Eu já ouvi falar dessa autora, mas nunca li nada dela. Esse livro eu ainda não conhecia, mas confesso que achei o enredo um pouco confuso.
    Acho que eu leria pelo fato de ter um final surpreendente e porque eu gostei de saber que tem um pouquinho de romance também. No entanto, como não curti tanto o enredo, acho que vou procurar ler outros livros dela primeiro.
    De qualquer forma, adorei sua resenha e vou anotar a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia a autora e nem o livro, mas com certeza seria um livro que eu, vou procurar com certeza, adoro livros de investigação, com mistérios instigantes a serem resolvidos. Dica anotada. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Nossa, chocada com esse negócio de luta arrancado a cabeça da garota. Gosto muito dos livros da Gardner e com certeza vou ler este.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!. ♥♥
Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
Comentários ofensivos serão apagados!

Títulos que talvez seja do seu interesse!