PUBLICIDADE

Até quando vamos ficar levando “Porrada?


Ensinar saúde ou educar para saúde?

Olá pessoal ! Não estou aqui fazendo propaganda a nenhum partido, não me interessa qual partido vai ganhar as eleições, o que me interessa muito é saber quais providências vão ser tomadas à situação em relação aos  velhos problemas sociais que enfrentamos a décadas. E esse poust é só um #desabafo, toda época de eleição as campanhas são feitas em cima da educação e saúde e o que a gente vê depois é só a mudança do nome do projeto, para serem reutilizadas em próximas eleições. E fica a pergunta que inquieta, humilha, mas que deve ser feita “até quando vamos ficar levando “PORRADA”?
Por isso gente, vamos votar sim, mas devemos saber e guardar o nome dos que ganharam e cobrar é um direito e obrigação que temos e está dentro da lei.

“Nenhum ser humano (ou população) será totalmente saudável ou totalmente doente. Ao longo de sua existência, viverá condições de saúde/doença, de acordo com suas potencialidades, suas condições de vida e sua interação com elas.”
(BRASIL, 2001)

 “O ensino de saúde tem sido um desafio para a educação, no que se refere à possibilidade de garantir uma aprendizagem efetiva e transformadora de atitudes e hábitos de vida. As experiências mostram que transmitir informações a respeito do funcionamento do corpo e descrição das características das doenças, bem como um elenco de hábitos de higiene,  não é suficiente para que os alunos desenvolvam atitudes de vida saudável.
É preciso educar para a saúde levando em conta todos os aspectos envolvidos na formação de hábitos e atitudes que acontecem no dia-a-dia da escola.”
Secretaria de Educação Fundamental)

Eu achei esse vídeo emocionante, ele fala por si só. (sem comentários)


Vídeo produzido para apresentação de seminário de Educação em Saúde. 4º ano de Terapia Ocupacional, FATOAL – Uncisal

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

Um Comentário em “Até quando vamos ficar levando “Porrada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga - me