PUBLICIDADE

[Resenha] Beco da Ilusão – Mallerey Cálgara

Mallerey Cálgara

Olá pessoal tudo bem?
Hoje trago para vocês mais uma resenha de livro nacional e gente, esse também é bom demais!

Beco da Ilusão se passa durante a Segunda Guerra Mundial e através das lembranças de Sarah Wainness, iremos conhecer a história da pequena Yidich. Um nome que se perdeu diante das atrocidades da guerra e de seres humanos que se aproveitaram do momento para se mostrarem verdadeiros monstros, indignos de serem tratados como tal.

Escrever, falar, discutir sobre esse assunto, para muitos é besteira por acharem que passado é passado e pronto. Eu penso que tem sim! Não podemos esquecer para nunca mais cometer ou ser influenciados por conceitos deturpados que se faz de uma raça, credo, opção sexual e etc.
Mas mesmo diante desse horror mundial, existe um sentimento que que é o único capaz de transformar. AMOR. Sempre o amor.
Sarah Wainness enquanto assiste a apresentação da neta, embalada pela música embarca em suas lembranças, do tempo que era apenas a feliz Yidich.
Quando pequena sempre foi uma criança curiosa e falante. A vida dela toma outro rumo quando seus pais resolvem se mudar para Berlim, devido a uma herança que seu pai ganhou, lá pensa o pai trabalhando em seu próprio negócio eles iriam prosperar.

Logo que eles chegam a Berlim você percebe pela narrativa de Yidich em que pé está a situação política do País, ela nos narra com seu entendimento inocente tudo que ela ouve escondido atrás das portas.
No prédio onde mora ela conhece Anton que se torna seu amigo para sempre e através dele conhece Erdmann eles se tornam inseparáveis. Até que uma traquinagem deles por causa da paixão dela pelo balé, leva- a uma represália de nunca mais falar com eles. E a partir desse dia a vida de Yidich muda totalmente e sem os seus amigos, sua companhia era o rádio.

Quando a guerra chegou a situação da sua família foi ficando cada vez pior até chegar o dia que o pior aconteceu, sua família fora levada presa e ela a mercê de soldados nazistas.
Teve ajuda do pai de Eedmann durante seu calvário, outro fato que a ajudou eram suas características físicas de uma autêntica alemã, fato que um dia já a intrigou.

Bem, depois disso Yidich estava nas mãos do destino. Destino esse que não a deixou morrer, mas também não foi nada benevolente. Durante suas entradas e saídas de lugares e no meio de incertezas sem fim, a vida ainda tinha surpresas e revelações.

Enfim acabou a apresentação, fecharam -se as cortinas e agora sim Yidich poderá ser realmente feliz.

Esse não é o primeiro livro que leio da Mallerey Cálgara e gosto muito do que ela escreve. Mas Beco da Ilusão você percebe o carinho, o zelo, o respeito que a autora teve com a obra toda.
Outra coisa que achei super bacana são as frases que separam os capítulos, usando frases de Adolf Hittler, nos conduzindo já à situação da protagonista e sempre frase de estímulos. Eu li “Mein Kampf” e sei o quanto ele era apaixonado pela suas ideias a ponto de convencer qualquer um a pensar como ele. São frases como essas:

Temos de ser cruéis. Temos de recuperar a consciência tranquila para sermos cruéis.
Você não derrota um inimigo tirando sua coragem. Você o derrota tirando sua esperança. Adolf Hittler

Achei genial a sacada e ironia.
Eu li o livro praticamente em um dia porque a história te envolve, te empolga, te cativa.
A autora juntou informações, conciliou o drama vivido por sua personagem com ironia e até mesmo com humor que já é peculiar em seus livros e depois de tantas emoções vividas durante à leitura, o leitor fica meio aéreo, vazio, no coração fica um espaço enorme pra ser preenchido.
Recomendadíssimo.

BDI
Sinopse

Meu nome é Sarah Wainness, mas este nem sempre foi o meu nome. É apenas mais um, entre tantos que já tive. Minha infância foi feliz e simples, como de qualquer criança da minha idade e do meu bairro em Karnobat, Bulgária.
Éramos uma família de cinco irmãos, incluindo eu.
Papai, um homem muito bom, enérgico e religioso, frequentava a sinagoga, enquanto mamãe trabalhava em casa, cuidando de tudo e de todos nós.

Após recebermos uma herança de um tio falecido que morava em Berlim, mudamos para lá e, ao chegar, deparei-me com uma realidade totalmente diferente da que eu conhecia.
Passei a ter vários sonhos, após meu primeiro contato com a cidade. Um deles, tive que manter em segredo, que era ser bailarina. Sempre pegava as roupas da mamãe escondida e ficava rodopiando no fundo do quintal, vendo tudo ao meu redor mudar e, assim, mantinha-me feliz, até o dia que uma visão que tive desmoronou meus sonhos e mudou completamente a minha vida; os nazistas invadiram nossa casa e fui levada para um lugar de prostituição.

Meu nome é Sarah Wainness, e já morei no Beco da Ilusão.

Dados do livro

Beco da Ilusão
Formato E-book kindle
Número de páginas: 241

Sobre a autora

mallerey

Mallerey Cálgara mineira, aquariana de 42 anos. Autora de Anjo Negro publicado em 2011 pela Editora Novo Século foi indicado ao prêmio CODEX de ouro 2013. O livro publicado em Portugal pela Editora Bloco e em outros países lusófonos.

Apaixonada pelos seus anjos de quatro patas (meus mestres, minha vida), sem os quais não saberia viver. Mãe coruja da Nanda (a luz dos meus olhos), para quem dedica todos os seus livros.

Leitora ávida, sonhadora quase em tempo integral, adora livros de fantasia, ficção científica e sobrenaturais. Gosta de ver filmes, seriados e principalmente animes. É uma pessoa emotiva, que chora fácil, que ri fácil e que adora escrever. Tem livros e contos publicados, tanto em formato físico quanto em digital.

Booktrailer


O livro já se encontra no SKOOB adicionem em suas estantes!
No blog Beco da Ilusãol você encontra detalhes sobre este e outras obras da autora.

Aqui no Mundo você encontra resenhas deAnjo Negro”  e “O Segredo da Caveira de Cristale uma pequena entrevista com Mallerey Cálgara

Pessoal espero que tenham gostado da resenha, compartilhem conosco suas impressões deixando um comentário .  😀

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

12 Comentários em “[Resenha] Beco da Ilusão – Mallerey Cálgara

  • Tina Siqueira
    12 meses ago

    Ei Márcia.É incrível como a segunda guerra embala muitas histórias, mas cada uma tem um tom especial, é diferente, e ainda tem um amor para suportar todos os horrores. Estou lendo o Rouxinoul, de Kristin Hannah, que conta a histórias de duas irmãs em plê na 2ª guerra mundial. Adorei sua resenha. Depois vou ver se consigo o Beco da Ilusão para ler. Bjo.

    http://www.uberfashionblog.wordpress.com

    • Oi Tina.
      O Rouxinol e o Jardim de inverno tenho aqui em EPUB e ainda não tive tempo de ler, mas o trabalho da Kristin Hannah é sempre marcado por conflitos e tragédias, mas também de amor e redenção. O “Beco da Ilusão” não é diferente.
      Obrigada pela visita. Bjsss

  • Ameei a resenha ,com certeza esse livro é tudo de bom para quem gosta de Historia *-*
    http://femininaeechique.blogspot.com.br/

  • O livro parece ser muito bom, e sua resenha ficou ótima, super detalhada <3
    http://www.geoandrade.com.br

  • Muito bom a resenha, um livro muito interessante, bj https://milahfernandesblog.blogspot.com

  • Nooooossa, gostei demais da resenha. O livro parece ser bem interessante e o preço dele está ótimo. Parabéns pelo post!

    Beijo! ❤

  • Nas últimas semanas ouvi falar tão bem desse livro e dos sentimentos que ele desperta, nos levando a páginas tristes da humanidade. A resenha nos mostra exatamente o quanto a autora foi cuidadosa para que isso acontecesse, e é maravilhoso quando mergulhamos em uma história, nos deparando com personagens que parecem velhos conhecidos. Quero muito ler esse livro, e agora ainda mais. Ótima resenha e, pelo visto, um excelente livro. Parabéns à Márcia pelo blog e à autora, pelo livro.

    • Olá Evandro esse livro é uma exceleste leitura. E pra quem não gosta ou não consegue ler em e-book o livro vai ser impresso pela Editora Uno. Aguardem. rs
      Obrigada.

  • Mallerey Cálgara
    12 meses ago

    Olá, Marcia! Fiquei apaixonada pela sua resenha, ela ficou perfeita! Muito obrigada por tudo, pelo carinho de sempre e o apoio a literatura nacional!

    bjusss

    Mallerey *-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: