PUBLICIDADE

Contos da Mãerochinha – Marcia Lopes

Eu lia sempre para os meus filhos antes de dormir, cada um (tinha) uma estória favorita, hoje eu contarei a vocês uma que eu inventei e que meu filho mais novo amava…

Eu hoje percebo com mais clareza o quanto as crianças são especiais e perceptivas, mais do que possamos imaginar
Eu escrevi isso há quase trinta anos. (risos)

😛

Era uma vez, duas estrelinhas que tinham um sonho de se tornarem humanas e viver aqui na terra.
Eram as estrelas mais queridas do céu, a noite as outras  faziam um círculo em volta delas,
que daqui da terra se via o brilho.
Certa noite, conversando com a estrela maior sobre o desejo de se tornarem humanas, a grande senhora Estrela disse:
— Se realmente quiserem e acreditarem, tudo é possível!
Samantha era uma estrelinha muito sábia, que sabia muito do céu, desejou com tanto ardor, que num piscar, estava envolvida no abraço macio e aconchegante e com pessoas que a amavam muito. Algum tempo se passou…
Às vezes Samantha ficava triste, pois, tinha saudade do céu, da grande estrela e principalmente de seu melhor amigo, a estrelinha Adriell, e como esse pequenino era um tanto atrapalhado sabia que ia demorar um pouco para vê-lo novamente.
Ah! Mas lá no céu, as estrelas já estavam ficando doidas com a pequena estrela, que ora chorava de saudade, ora se escondia
entre as nuvens e já quase não brilhava. Como seus poderes eram diferentes de sua amada amiga, não sabia fechar os olhos e fazer acontecer.
Então resolveu perguntar a estrela maior se ela não poderia ajudá-lo a vim à terra e encontrá-la. Ela lhe disse:
— Não. Só você tem esse poder, além de querer e acreditar precisamos não ter medo, pois, o nada não existe.
Adriell saiu pensativo… Depois de algumas horas, deu uma gargalhada e caiu…
Chegou bem! Causando um terremoto de alegria aos pais e a sua agora então irmã, a pequena e grande estrela Samantha.

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

2 Comentários em “Contos da Mãerochinha – Marcia Lopes

  • Olá, tudo bem?
    Que gracinha de história! Meus pais não inventavam historinhas, mas sempre me contavam alguma também ou faziam releituras dos contos tradicionais.
    Adorei o post!
    Beijos!

  • Hey, Márcia!

    Que gracinha de história!
    Quando eu era pequena, também adorava criar minhas historinhas e contar a quem quisesse ouvi-las… rs.
    Muito bonitinha mesmo. Parabéns!

    Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga - me