PUBLICIDADE

Filhos

Adriell e Sam

 

 
 
  
Quando quis um pedaço do céu

Deus me deu vocês!
Quando quis agarrar uma estrela
Deus me deu duas!
Obrigado Senhor.
E peço que me ajude, a nunca
Deixar que se apague o brilho
Dessas estrelas. Que eu possa
Fazê-las crescerem e brilharem tanto
Que de suas fagulhas nasçam mais
Estrelas, para que no futuro não
haja mais trevas.
Que assim seja!

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

3 Comentários em “Filhos

  • Diana Canaverde
    1 mês ago

    Oiê…
    Ai que bonitinho… eu tenho uma estrela de 14 anos e peço todos os dias a direção para Deus e sabedoria para cuidar dela da melhor forma… parabéns pelo seu pequeno texto. Ele é simples, mas intenso… Xero!

  • Oii, que poema lindo!!!
    E muito emocionante também!!! Parabéns!!!!

    Beijos

  • Ownt! Que coisinha mais linda!
    Muito singela!
    Traduz bem o amor e carinho de uma mãe que faz de tudo pelos seus.
    Quando eu tento medir o amor pelos meus sobrinhos, eu já não consigo…
    Fico tentando imaginar quando vai ser quando eu tiver um filho.
    Vai ser super amado assim como Sam e Adriell são.

    “Quando quis agarrar uma estrela
    Deus me deu duas!”

    Achei essa sentença magnífica!
    Poesia é a minha vida e tudo o que fala de família é ainda mais especial.
    Amei!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: