PUBLICIDADE

Leo Vieira : produção editorial independente

Aprendemos nas aulas passadas os primeiros e preciosos passos para a sua
preparação literária. O que o fará um bom profissional é a prática. Não basta ler e deixar de lado. Tão pouco investir alto na construção do livro e deixar o mesmo seguir lentamente, esperando a venda acontecer por acaso. Isso é o mesmo que deixar o barco ir embora sem rumo.
É realmente uma coisa muito chata as pessoas que questionam o ofício de escritor por ser ingrato, demorado e pouco lucrativo. Vejam bem; é tudo uma questão de ótica. Se você realmente quer ganhar dinheiro com uma profissão, precisa ser mais visionário e saber onde realmente precisa atuar. Não é o trabalho, mas o posicionamento nele que o fará promissor. É tudo uma questão de decisão.
Já falei diversas vezes sobre como atuam as editoras por demanda. Se você realmente quer economizar na produção e lucrar nas vendas, pense melhor sobre isso.

Mais motivos e motivações:
– Se você tem muitos livros em andamento, você pode lançar tudo de uma vez;
– Se você tem disposição para aprender a diagramar páginas e capas, você vai
aprender e economizar tempo e dinheiro;
– Se você tem amigos que pensam de forma positiva, ande com eles. Evite contato com pessoas desestimuladas e pessimistas;
– Se você não tem medo de desafios, haja!;
– Se você se importa em pensar em soluções e não em problemas, abrace essa etapa;
– Se você não desiste fácil, coloque em prática.

Se você ainda não quer se desdobrar com questões burocráticas, registre o nome e o design de sua marca e o insira nas capas e páginas de seus livros. Afinal, o único CNPJ que importa é o da gráfica. O aspecto visual literário será muito melhor e terá bons olhos comerciais de seus leitores.
A partir dessa etapa, iremos analisar outra questão segura futura.

Clique nas imagens para vê-las em tamanho completo.  😎

Leo Vieira

Sou ESCRITOR (romances, contos, crônicas, composições musicais e roteiros [com filiações e reconhecimentos acadêmicos]), ATOR (teatro e dublagem [tenho DRT]), ILUSTRADOR (personagens próprios, quadrinhos independentes e desenho animado) e PRODUTOR CULTURAL (feiras literárias). Minha formação é teológica; atualmente estou estudando Letras, Jornalismo, Cinema e Marketing.

46 Comentários em “Leo Vieira : produção editorial independente

  • Olá, tudo bem?
    Achei interessante este seu post de dicas para escritores, com certeza ajudou muitos novos escritores independentes que estão muito na dúvida sobre este caminho.
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

  • Olá, realmente venho acompanhando suas dicas aqui e tem me sido muito útil, pois estou adentrando como escritor a pouco tempo. É bom analisar cada detalhe para que façamos o melhor para o leitor.

  • Grazi Souza
    7 meses ago

    Oi!

    Sempre acho válido tentar ajudar que vai entrar em algum ramo e gostei das suas dicas, mas sei lá… as coisas quando ficam padronizadas não tem a ser clichê? Acaba ficando sempre no mesmo pensamento, mesma forma…

    http://www.cantaremverso.blogspot.com.br

    • Oi, Grazi! Você tem razão. Não quero reinventar a roda, mas eu acho que com a criatividade mais trabalhada a gente sai um pouquinho da previsibilidade.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Adorei as dicas!
    Ajuda quem já escreve, e quem ainda tem só vontade como eu rs

    Boutique de Clichês

  • Oi, Tudo bem?
    Ótimo post! Realmente a jornada de um autor em inicio de carreira é difícil só posso imaginar como esse processo pode ser desafiante. Mas o importante é acreditar no seu potencial e continuar a caminhada, hoje já temos novas oportunidade e ferramentas para ajudar o autor iniciante. Já temos na literatura vários exemplos de autores de sucesso que começaram de forma independente, é só acreditar e seguir em frente.

    beijos,

    Rafa [ blog – Fascinada por Histórias]

    • Oi, Rafaelle. Nunca foi tão prático se tornar um escritor praticante e militante. Temos internet, redes sociais, blogs…
      Dedique sempre um tempinho diário para sua produção e divulgação, que aos poucos os seus seguidores vão acompanhando.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Oi Leo =)
    Suas dicas costuma ajudar muito que está em dúvida sobre a área da escrita. É ótimo quando uma editora gosta e acredita em seu trabalho, ter uma equipe toda. Mas é muito complicado também, e para quem ainda não tem um publico pode ser difícil conseguir uma chance. Para quem tem condição Produção independente é uma boa. Sempre adoro seus quadrinho no final do poste. Beijos’

    • Sobre os quadrinhos, obrigado! 😀
      Essas tiras também fazem parte de um projeto autoral independente. Até bonecos em tecido dos personagens eu estou confeccionando. Não estou tendo lucro, mas também não tenho prejuízo. E volta e meia eu leio um comentário positivo incentivador, como o seu.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Oi Leo =)
    Suas dicas costuma ajudar muito que está em dúvida sobre a área da escrita. É ótimo quando uma editora gosta e acredita em seu trabalho, ter uma equipe toda. Mas é muito complicado também, e para quem ainda não tem um publico pode ser difícil conseguir uma chance. Para quem tem condição Produção independente é uma boa. Beijos’

    • Oi, Dayane. O fato de um autor iniciante e/ou desconhecido não ser aceito por editoras não significa que o trabalho dele seja ruim. Editoras precisam obter lucro em seus investimentos e em razão disso, suas apostas comerciais precisam ter uma margem e retorno garantida. É por isso que artistas, atletas, políticos e celebridades de internet conseguem mais espaço.
      É uma caminhada demorada e cansativa. Mas com o tempo, vale a pena.
      Boa sorte em seus projetos,
      Leo Vieira

  • Post útil e rico.
    Adorei as dicas e a motivação inspiradora.
    Abraço.

  • Ainda nao tinha visto suas postagens, mas gostei dessas dicas que li hoje, até mesmo por que já passou pela minha cabeça escrever um livro, mas seio quão difícil é.

    Beijos

    Viviana

    • Obrigado, Viviana. Quando puder, confira as postagens anteriores neste blog e nos demais em que eu escrevo.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Olá Leo!
    Ótimas dicas com toda certeza.
    Para quem ta começando e não sabe que caminho seguir, isso ajuda muito. ^^

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

  • Oi Leo, adorei seu texto e a afirmação “Se você realmente quer ganhar dinheiro com uma profissão, precisa ser mais visionário e saber onde realmente precisa atuar. Não é o trabalho, mas o posicionamento nele que o fará promissor. É tudo uma questão de decisão.” Vale para qualquer profissão e a lista de motivos e motivações que coisa fantástica.
    Obrigada pela contribuição.

    Bjo
    Tânia Bueno

    • Obrigado, Tânia. Conheço poucos escritores que realmente foram longe porque não desanimaram na caminhada literária. Todo sonho tem um preço mas nem todos estão dispostos a pagar.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Olá Léo, adorei sua postagem, como as outras que li, realmente o autor tem que ser positivo e se dedicar como em qualquer outra profissão *-*

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

  • Fábrica dos convites
    7 meses ago

    Oi Léo, mesmo não tendo nenhum interesse em lançar um livro, acho ótimo estas dicas que você está dando. Acredito que por mais difícil que seja, deve-se acreditar é ié frente, afinal, somos do tamanho dos nossos sonhos.
    Bjs

  • Ótimas dicas para quem deseja seguir a carreira literária. Tenho pesquisado bastante sobre o tema ultimamente e senti que ajudou bastante. Vou continuar acompanhando seu blog. Desejo muita sorte !!!

    http://blogaventuraliteraria.blogspot.com.br/

  • Driely Meira
    7 meses ago

    Oiee Leo ^^
    Eu tenho o sonho de publicar meus livros, mas ele ficou em segundo plano há alguns meses, quando outro sonho surgiu…hehe’ mas não desisti dele ainda. Só não estou com cabeça para isso, e não me sinto muito confiante em relação às minhas histórias, acho que elas ainda precisam de algumas mudanças aqui e ali. Eu chego a achar engraçado quando as pessoas falam que o autor só escreve o livro e pronto, o resto se faz sozinho.
    MilkMilks ♥

    • Oi, Driely. O importante é nunca deixar de sonhar e trabalhar no sonho. Na Bíblia mesmo diz que a fé sem obras é morta (Tiago 2:26).
      Constantemente temos outros planos que não podemos adiar ou descartar, como o casamento, os filhos, os estudos, etc. Mas nas horas vagas, dê um tempo ao sonho artístico literário que um dia realizaremos com alegria.
      Publicar um livro é como uma plantinha. Temos que plantar, regar, cultivar e acompanhar o crescimento.

  • Olá! Adorei as dicas. São válidas tanto para os que querem começar uma carreira quanto para os que já estão inseridos no mercado literário.
    Beijos

  • Oi Léo! Tudo bem?
    Como sempre arrasando nos textos. Adorei esse pq diz de uma realidade virtual que vem se expandindo cada vez mais. Os autores virtuais (Wattpad, Amazon entre outras plataformas) alguns muito bons, porém seus livros não são de interesse comercial para as editoras. Outros não tão bons assim, mas que escreve aquilo que vende e nem sempre aquilo que se vende é bom. Esperemos que um dia essa realidade mude e que o mercado editorial fique mais popularizado e menos monetizado! Adorei o post! Bj

    • Obrigado, Sofia. É tudo questão de estratégia. Feiras literárias, eventos, solenidades são sempre boas oportunidades para apresentar e vender seus livros. Há espaço para todos.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Olá, ótimo post e bem esclarecedor, muitos autores ainda não estão bem informados sobre o mercado editorial independente e as vezes acabam prejudicados ou presos em situações prejudiciais. Parabéns pelas postagens sobre o assunto, bjs.

  • Excelentes dicas, Léo.
    Acho que a pior coisa é andar com pessoas negativas mesmo, não tem nada pior do que pessoas te desanimando de fazer alguma coisa.

    • Olha, Isabella; se eu fosse te contar cada coisa que já passei…
      Na verdade, tudo tem o seu preço. E nem todos estão dispostos a pagar por isso.
      “A viagem rumo ao sucesso nunca será de primeira classe”.

  • é, se o escritor quiser tomar essas dicas como suas, nada impede… mas eu tenho certo receio com tamanhas regras na construção de uma obra… ainda prefiro as coisas mais livres…
    bj…

  • Como já disse em outras postagens, para o autor iniciante, as dicas são valiosas, concordo com tudo o que está escrito a depender do desejo do escritor quando publica.

  • Morgana Brunner
    7 meses ago

    Oiii Leo, como vai?
    Adoro essas suas postagens, realmente me deixam aqui babando, voce sempre querendo ajudar os nossos queridos autores nacionais né, desejo muito sucesso a você.
    Beijinhos

    • Obrigado, Morgana. Eu já tive até uns atritos com uma dona de editora por demanda que resmungou que eu estava falando demais. Pois bem, se estou incomodando quem está “contra” a independência dos escritores, é sinal que estou no caminho certo.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Renata Souza
    7 meses ago

    Oi Léo!!!
    Ótimo post que você fez, esclarece muitas dúvidas e até mesmo ensina o que deve ser feito. Muota gente não sabe como funciona uma produção independente e ser informado tão bem assim é de suma importância.
    Beijuh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: