PUBLICIDADE

Leo Vieira: Série “Os Benefícios da Leitura” # 9

Senso Crítico
Nossa geração está muito habituada a aceitar lixos culturais como se fossem “entretenimento”. Devemos sim respeitar as diferenças e gostos, mas não ficar por baixo desta ditadura modista que tenta nos impor o que é bom no momento. Não somos obrigados a seguir modas e tendências, sejam elas quais forem. Mas quando lemos, podemos ter conhecimento e perspicácia o suficiente para saber o que é o melhor para a gente.
A internet tenta nos persuadir sobre o que é popular e o que é melhor. Isso nunca foi assim. Existem empresas especializadas a construir tendências comerciais e infelizmente pessoas de mentes mais vagas podem se deixar levar e adotar as tais ideias. Persuasão comercial, indução, sugestão, para não falar hipnose e lavagem cerebral completa.
Com a leitura, ficamos mais preparados para nos defender e também a contra-atacar quando essas vis e sorrateiras modas tentam nos assaltar nas ideias. Temos o direito de nos manter pensantes e militantes sobre nossas decisões e opiniões. A leitura te preparará nisso.
Seja um bom leitor e se descubra neste mundo. Você aprenderá a se policiar e pensar da maneira como os grandes sábios questionavam as suas próprias ideias. Queira sempre o melhor para a sua vida, mantendo a integridade.

Leo Vieira

Sou ESCRITOR (romances, contos, crônicas, composições musicais e roteiros [com filiações e reconhecimentos acadêmicos]), ATOR (teatro e dublagem [tenho DRT]), ILUSTRADOR (personagens próprios, quadrinhos independentes e desenho animado) e PRODUTOR CULTURAL (feiras literárias). Minha formação é teológica; atualmente estou estudando Letras, Jornalismo, Cinema e Marketing.

29 Comentários em “Leo Vieira: Série “Os Benefícios da Leitura” # 9

  • Oi, tudo bem?

    Olha, me desculpe, mas você perdeu a credibilidade ao escrever “lixo” na primeira frase do texto. E, aliás, cultura e entretenimento não é somente aquilo que você gosta. As pessoas são diferentes e, consequentemente, seus interesses também. Eu não gosto de várias coisas que estão na modinha, mas nem por isso as chamo de lixos. Eu entendo que, muito provavelmente, a maioria das pessoas que vai atrás da modinha não tem muito acesso a outros tipos de literatura.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

  • DESEMBARGADOR JOSÉ BERNARDO DE MEDEIROS JUNIOR

  • Oi, tudo bem?
    A leitura abriu muito minha mente de várias formas, e este foi apenas uma das coisas boas que vieram conforme passei a ler mais!
    Bjs

  • Os benefícios da leitura são incontáveis! Incentivo minha filha desde cedo, ele sempre teve livros a sua disposição (tem 4 anos) e está ansiosa para aprender a ler.

    bjs

  • Fico bastante irritada por perceber que a mídia tenta até mesmo impor nossas próximas leituras, mostrando e alegando livros que muitas vezes são ruins. Mas graças ao poder que as palavras nos dão, é possível com uma certa experiência saber escolher um bom título e assim a cada novo exemplar adquirir ainda mais conhecimento.

    Nara Dias
    http://www.viagensdepapel.com

    • Oi, Nara. Existe hoje toda uma equipe de marqueteiros e jornalistas para dissolver e ramificar livros vagos no mercado. Isso acaba se tornando uma erva daninha no mercado literário e editorial.
      O seu blog é muito legal!
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Oi!
    Uma das maravilhas da leitura é nós tornar seres mais críticos, nos fazendo observar e questionar o que há a nossa volta, uma prática que é essencial principalmente nos dias de hoje. Por isso é tão fundamental alimentar esse hábito desde o mais cedo possível, pra que desde sempre as pessoas não se deixem manipular.
    Excelente texto!
    Beijos!

  • Oi, Leo 🙂
    Ótimo texto!
    É sempre bom refletirmos sobre tudo pois na sociedade atual capitalista até os livros são modas e tentam nos influenciar a pensar de alguma forma. Isso fica evidente nos enredos clichês que já tem uma “fórmula” que vende e querendo – ou não querendo – tentam te induzir a seguir as atitudes que não é real.
    Claro que cada um tem o direito de ser enganado, se desejar, mas é sempre bom tentar entender como você pode estar sendo usado quando você não deseja.
    Obrigado pelo texto, Leo.
    Abraços.

    • Oi, Bruno. Ótimo comentário.
      Há um tempo, havia muitos livrinhos vampirescos com temáticas desnecessárias e hoje temos diversos livros indo na onda do “50 Tons”, só que com linguagens chulas e até grotescas. Isso até daria um tema para uma futura postagem.
      Abraços,
      Leo Vieira

  • Gosto muito desta coluna, ainda mais por reforçar as coisas que falo para meus filhos. Mas como é mãe falando, já viu né… Vou salvar está postagem para mostrar para eles.
    Bjs

  • Finalmente alguém que tocou nesse assunto. Eu sou uma que me sinto muito incomodada com certas publicações e não consigo me render há algumas obras. Então vem alguém e diz: mas está todo mundo lendo!
    Pois é, mas o que as pessoas não entendem é que nem sempre o que um gosta, todos irão gostar. Nem sempre o que estoura no mundo literário, vai agradar a todos.
    Não sei se é porque sou chata ou critica demais, mas não consigo aceitar qualquer coisa.

    • Oi, Aline. Que bom que pensa assim. Tudo é uma questão de gosto pessoal, mas também é importante não se deixar levar pelas tendências, como sempre venho ressaltando.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Oi, tudo bem?
    Achei bacana a postagem, realmente a leitura traz ótimos benefícios, incluindo a forma de se expressar, a forma crítica e além disso ajuda pra caramba nas redações, não é mesmo? HAUAHAUAHA, bom, desde pequeno eu fui muito incentivado a leitura, comecei por histórias em quadrinhos, mas quando fiz dez anos quis ler livros, então opa, estamos aqui agora! Adorei o texto <333

    Att,
    Lu – http://justificou.blogspot.com.br/

    • Oi, Lu! Obrigado, pelo comentário.
      Quadrinhos são sensacionais! Inclusive, também tenho blogs dedicados à eles.
      leovieiraquarinhos.blogspot.com
      coliseudosquadrinhos.blogspot.com

      Adorei o seu blog e estou seguindo.
      Abraços,
      Leo Vieira

  • Olá!
    Adorei essa postagem, uma coisa que falo muito entre meus amigos é que a medida que vamos lendo, realmente vamos ficando mais críticos, e os que nos agradou antes hoje conforme vamos lendo outras coisas vamos vendo que muitas vezes talvez nem lêssemos.
    Acho importante demais apesar do gênero, gosto literário, o respeito e o bom senso a todos!

    • Muito bem, Camila. Até mesmo em livros ruins dá pra se extrair pontos negativos. Pequenas coisas que não nos fazem arrepender da leitura.
      Beijos,
      Leo vieira

  • ‘Com a leitura, ficamos mais preparados para nos defender e também a contra-atacar quando essas vis e sorrateiras modas tentam nos assaltar nas ideias. ‘ Isso depende muito do que a pessoa lê, atingir o ápice do senso crítico é árduo e trabalhoso e não adianta lança a moda de somente ler, tem que saber o que está lendo, pois também existe a indústria do livro.

    • É verdade, Lilian. Este trecho crítico é uma pauta sobre as “tendências” literárias que eu particularmente passo longe. Mas como você mesma disse, isso depende muito da pessoa. A indústria do livro não pode firmar o que é bom somente por conta dos seus balancetes.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Olá! Realmente a leitura da uma liberdade maior de opinião e sabedoria. Eu não curto grande parte do que as pessoas gostam, e nem entendo por que coisas que considero horrivéis fazem tanto sucesso, mas eu respeito o gosto de cada um. Beijos’

    • Muito bem, Dayane. Existem muitas “modinhas” que eu particularmente não gosto (talvez também porque não conheci o suficiente). Mesmo assim, tudo é questão de gosto pessoal.
      Beijos,
      Leo Vieira

  • Acho que todos os pais, possuindo ou não o hábito de ler, deveriam incentivar seus filhos a apreciar os livros. Só Deus sabe o bem que me fez adquirir esse habito desde os meus 9 anos <3

    • Isso mesmo, Juliana. O pai que tem o hábito de ler no sofá, aos poucos o filho pequeno irá querer imitá-lo, mesmo que seja só pra ver as figuras.
      Beijos,
      Leo vieira

  • Excelente colocação. Treinar nosso senso crítico é uma forma de nos protegermos da manipulação de massas proporcionado pelos meios de comunicação.
    Bjsss
    Luana
    http://www.umasegundaopiniao.com

    • É verdade, Luana. É muito importante observar os dois lados da situação. Como diz em uma frase que “a história da guerra é contada pelo vencedor”.
      Beijos,
      Leo Vieira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga - me