PUBLICIDADE

[Resenha] A Entidade – Frank de Felitta


Olá pessoal!
Eu não conhecia Frank de Felitta até o anúncio de sua morte o ano passado que vi por acaso na internet e como o gênero que ele escrevia muito me agrada baixei “As Duas Vidas de Audrey Rose e A Entidade que ficou aqui até agora.

No começo senti um certo “medinho” pois achei se tratar de fenômenos demoníacos mas durante a leitura o autor nos direciona para outra possibilidade além da espiritual e no final o leitor chegará às suas próprias conclusões. (mistério).

SINOPSE: Terror e mistério num caso de violência sexual: quem seria o ser diabólico que violentava aquela mulher indefesa? Testemunhadas pelos próprios filhos, vizinhos e psicólogos, as agressões redobram sua violência a cada novo ataque. Um inimigo forte e cruel subjuga Carlotta Moran, uma inocente viúva, mãe de três filhos, levando-a ao desespero. Autor de As Duas Vidas de Audrey Rose, Frank de Felitta construiu um romance inquietante, cujo impacto atinge em cheio o leitor.

Carlotta Moran é mãe solteira de três filhos, desempregada e sustentada pelo governo enquanto estuda para conseguir um emprego melhor

Em um dia qualquer Carlotta se vê arremessada com violência na cama de seu quarto, mãos que lhe tapam a boca e atônita percebe que está sendo estuprada. Mas como? Portas e janelas todas fechadas, logo achou que fosse um pesadelo,porém, os ataques continuaram e cada vez mais violentos.

Os ataques se tornaram tão brutais a ponto de correr risco de morte o que a levou a conhecer o psicólogo Gary Sneidermann e é através dele que conhecemos um pouco da vida de Carlotta quando criança, quando saiu de casa e nunca mais voltou, seus relacionamentos e tudo nos leva a duvidar de uma possessão. ( Eu acho que o Drº Gary desenvolveu uma certa obsessão por Carlotta).

Cansada do tratamento psicológico que não resolvia nada, Carlotta conhece dois parapsicólogos Eugene Kraft e Joseph Mechan no mesmo hospital de suas sessões com Gary Sneidermann e assim como ela eles acreditavam poder se tratar de uma entidade e se propõem a ajudá-la. Só que o experimento fugiu do controle e se tornou perigoso e irreversível.

Eu fico pensando, será que tudo que não conseguimos explicar tem conotação sobrenatural ou ainda não aprendemos controlar esse “montinho” de massa cinzenta? O que vocês acham?
Eu achei o livro bárbaro e recomendo com certeza.

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

8 Comentários em “[Resenha] A Entidade – Frank de Felitta

  • Também não conhecia Frank de Felitta, até pouco tempo, acho que ouvi em 2015, mas nunca me aprofundei em sua escrita, não por falta de interesse, mas por não consegui colocar em meta de leitura tudo o que almejo. ‘Eu fico pensando, será que tudo que não conseguimos explicar tem conotação sobrenatural ou ainda não aprendemos controlar esse “montinho” de massa cinzenta?’ faz uma pergunta mais fácil, moça. Tenho que refletir muito para falar sobre isso.

  • Olá, acho que eu ainda não conhecia o autor até ler seu post. Pelo que pude perceber na sua resenha, a personagem Carlotta passa por uma situação bem complicada, com essa possível entidade abusadora. Fiquei curiosa para desvendar os mistérios dessa história, vou procurar para ler também.

  • Olá Marcia, tudo bom contigo?
    Amo livros de suspense, mas não sabia da existência desse, parece ser muito legal, gosto de livros que tenham esse tipo de premissa, e acredito que esse experimento que Charlotte vai participar deva arrancar vários calafrios kaka.
    Beijos

  • Rayanni kellsin
    3 meses ago

    Olá, tudo bem?
    Adorei a resenha e fiquei mega curiosa para adentrar a história.
    Anotei a dica é vou ver se acho esse livro essa semana!
    Um beijo.

  • Olá, tudo bem?
    Confesso que até ler a resenha, nunca tinha ouvido falar sobre o livro ou o autor.
    Sendo bem sincera, não é o tipo de livro que me atraia. Mesmo tendo visto na resenha que não se trata necessariamente de fenômenos sobrenaturais, eu sou muito medrosa e raramente consigo ler livros de suspense.
    De qualquer forma, adorei sua resenha e fico feliz que tenha gostado da leitura, mas vou passar a dica desta vez.
    Beijos!

  • Morgana Brunner
    3 meses ago

    Oiii Marcia tudo bem?
    Eu comprei esse livro esse ano passado em um sebo, ainda não tive oportunidade de ler diante de tantos livros de parceria que ando recebendo, mas fico feliz de ver que é um livro bom e recomendável, quem sabe esse ano eu consiga lê-lo.
    Beijinhos

  • Oii,

    Fiquei bem curiosa com esse livro. Não conhecia esse autor e nem esse livro, mas com certeza despertou a minha curiosidade de interesse. Adorei a sua resenha.

    beijos

  • Olá Marcia, tudo bem?
    Menins que livro intenso né? kkkkkk Apesar de ter sido uma leitura arrasadora pra você, esse livro não faz muito meu estilo, não curto terror e violência sexual é um tema complicado pra mim. Mas fico feliz que você curtiu e sei que é uma ótima dica para os leitores do gênero.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: