PUBLICIDADE

[Resenha] Amor nos contos de fadas de Verena Kast

O Amor nos Contos de Fadas
Sinopse
O Amor nos contos de fadas – o anseio pelo outro, é um estudo sobre o conteúdo psicológico dos contos de fadas relacionados com a temática do amor, identificando as dificuldades dos relacionamentos, os encantos e desencantos, os feitiços e a magia que acabam não existindo somente nos contos de fadas, mas também na vida das pessoas do mundo real.

Olá Pessoal, tudo bem com vocês?

O exemplar O amor nos contos de fadas – O anseio pelo outro, foi cortesia da Editora Vozes para resenha.

Nesse livro a autora aborda as dificuldades encontradas nos relacionamentos, através de seis contos de fadas. Eu realmente não conhecia nenhum desses, embora alguns se pareçam com os já conhecidos por nós desde criança.

Dispor -se ao amor

Dispor -se ao amor
Em o conto João de Ferro, a autora aborda o quanto estamos dispostos a amar, a nos relacionarmos. Aqui ela coloca o homem precisando se libertar das amarras familiares, provar seu valor para poder entrar verdadeiramente em um relacionamento. Ele precisa se desencantar, se livrar do feitiço que é contextualizado nos contos de fadas. Todavia, ali é sempre o príncipe que se encanta e aqui, a princesa que se atraiu por ele, tem que esperar essa libertação acontecer.

Em Jorinda e Jorindo, achei a aplicação interessante, porque é o relacionamento mais comum. Isso em minha opinião de leiga. Por se tratar de um relacionamento no qual o casal vive junto e está na zona de conforto, igualmente pensam ser melhor do jeito que está. Mas aí mora o perigo, porque acabam os dois se perdendo juntos e enfeitiçados. E para que haja a libertação, um tem que dar o primeiro passo, para assim poderem construir um relacionamento verdadeiro. Nesse conto Jorinda foi transformada em rouxinol e presa em uma gaiola por uma bruxa. Por acaso, Jorindo se aproximasse ficava automaticamente paralisado. Mas ele continuou trabalhando nas proximidades (…). Nesse caso o “príncipe” também estava encantado, mesmo não sendo transformado em nada, teria que se libertar da paralisia imposta pela bruxa, para poder ajudar sua amada. Ambos saíram da zona de conforto e amadureceram juntos.

Encontrar o Outro

Encontrar o Outro

Dois contos: O Cavaleiro Verde e o O Peregrino

Aqui devemos prestar muita atenção aos pedidos e simbolismos dos objetos, animais e etc. Aliás, em todos os contos é importante prestarmos atenção ao que eles significam enquanto figuração, um sol que fala, um espelho, uma rosa e etc
Para entrar em um relacionamento, principalmente quando somos jovens, primeiro temos que nos prepararmos para estar fora de casa, abandonar o complexo de pai, seja pelo rigor ou pela ausência desse ser paterno, e se abrir para o amor, estar amadurecido para ele. E para que isso aconteça, precisamos exorcizar a madrasta que há em nós, como forma de sentimentos negativos. Se isso não acontece, você acaba prisioneira de si mesma e acaba por aprisionar o outro.

Crescer um no Outro

crescerumnooutro

Esses dois últimos contos são muito parecidos, sendo que o segundo é mais completo e lembrou muito “A Bela e a Fera”.

Forno de Ferro, aqui o homem e a mulher libertam um ao outro.

A cotoviazinha cantante e saltitante Um caminho para o verdadeiro relacionamento.

Aplicando esses dois contos na vida real, eu imagino que estamos dispostos a amar, ansiamos por isso e estamos prontos para seguir com o relacionamento.

Nos primeiros anos tudo é maravilhoso, seja no sexo, no companheirismo, simplesmente nos bastamos. Até que um de nós, ou ambos, sinta a necessidade de algo mais.
A insatisfação é grande, o diálogo é pouco e começamos a nos afastar, e quando percebemos, há um oceano nos separando.
Então nos perdemos em um mesmo caminho, nos desencontramos, e com muita paciência e perseverança, nos achamos novamente. Entretanto para isso, um tem que libertar o outro dos seus anseios individuais e assim se ajudam. Para voltarem a si sem amarras ou cobranças, mas sentindo o relacionamento leve como uma cotovia cantante e saltitante.
O importante é não perdemos a capacidade de nos aceitarmos e aceitarmos o outro em suas transições, se capacitar ao momento para poder ser livre e livrar o outro, mesmo estando juntos. Ou até que possam.

Eu gostei muito da leitura, pois uma coisa bacana que percebi é que a mulher é muito valorizada como libertadora. Como disse, é sempre o “Príncipe” o encantado, a mulher na maioria das vezes se liberta de seu complexo de pai, muitas vezes acaba libertando o próprio pai e ainda o seu atraído.
Recomendo.

Dados do livro

livroONCDFTítulo: Amor nos Contos de Fadas O Anseio Pelo Outro
Código ISBN: 9788532640819
Autor: Verena Kast
1ª edição
Ano edição: 2011
Número páginas: 160
Editora: Vozes Editora
Comprar: Editora Vozes On Line

 

 

 

Sobre a autora

verenaVerena Kast foi professora de Psicologia na Universidade de Zurique, é docente e analista didática no Instituto C.G. Jung de Zurique e psicoterapeuta em clínica particular. Publicou diversos livros sobre os temas psicologias das emoções, fundamentos da psicoterapia, interpretações de contos de fadas e sonhos, entre eles: Sonhos: A linguagem enigmática do inconsciente (2010) e A Dinâmica dos Símbolos: Fundamentos da Psicoterapia Junguiana 92013) 

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

44 Comentários em “[Resenha] Amor nos contos de fadas de Verena Kast

  • Giuliana Sperandio
    11 meses ago

    Olá tudo bem?
    Achei a ideia desse livro de contos muito interessante.
    Eu pessoalmente gosto muito desses livros sempre são leves e nos tiram de ressacas.
    Anotada a dica, parabéns pela resenha, não é fácil resenhar livros de contos e Crônicas.

    Beijão

  • Olá,
    Mesmo gostando muito de contos de fadas, este não sei. Tem algo que não me atraiu nele, não sei se é porque alguns contos me lembram outros que não gosto ou por outro motivo. Mas é uma boa indicação, já que nem conhecia o livro.

    http://euinsisto.com.br

  • Que diferente. Não sabia que tinha livro assim. Achei estranho a premissa, mas me arriscaria a ler.
    beijos

  • não sou muito fã de livros assim, to numa fase que eles me ajudam muito na questão motivação então mesmo não sendo fã esse me atraiu 🙂

    • Que legal Paac!
      Eu já gosto desse tipo de livro, embora seja meio avessa a livro de auto ajuda. Que não é o caso desse livro.
      Obrigada pela visita.
      Bjs

  • Rosa TeiXEIRA
    12 meses ago

    Oi, tudo bem?
    Eu adorei a resenha e o livro parece bem diferente pelo que li. Fiquei curioso e com vontade de lê-lo.

  • Achei o livro bem interessante, são contos que praticamente não conhecemos aqui e que possuem uma simbologia bem diferente do que somos apresentados desde criança. No livro, a mulher é libertadora, o amor é alcançado em conjunto. Os contos disney são um tanto diferentes, não é? Gostei da forma como a autora analisou cada conto e da forma que você expôs o livro pra gente! Não conhecia, mas adorei! Obrigada pela indicação!

  • Olá, não conhecia a obra e adorei!

    Acho muito interessante esse tipo de leitura reflexiva.
    Gostei muito das imagens e gifs que você selecionou.

    Abraços

  • Olá.
    Eu gosto bastante da temática de contos de fadas, acho que por isso ainda não desisti do Magistério em Séries Inicias pelas contações de história, pelas quais sou apaixonada.
    Acho muito interessante o fato da psicologia, que engloba todos os assuntos que podemos imaginar e isso me deixar muito entusiasmada.
    Abraço!

  • Oiii!!
    O livro em si não chamou muito a minha atenção, mas gostei da sua resenha.
    Só lendo mesmo para ter certeza. Vou anotar a dica mesmo assim.
    Beijos

  • Oi!
    Legal o livro trazer contos de fadas de uma maneira a apontar defeitos e problemas dentro de um relacionamento, e não um romance perfeitinho.
    Adorei a resenha.

    • Obrigada Gustavo.
      Na verdade é uma aplicação baseado em contos de fadas que a autora trabalha os relacionamentos reais. É Mto bom
      Bjss

  • Não me interessei não.. Pra falar a verdade não curti muito essa coisa de estudo de conteúdo psicológico de contos de fadas relacionado com o amor, gosto que esse tipo de leitura me tire completamente da realidade.

  • Oie
    que legal esse livro, adorei, parece ser uma leitura mega curiosa e que com certeza eu ia amar, acho muito interessante esse tipo de analise

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  • Oii
    Eu não conhecia esse livro, mas fiquei bem interessada pelos contos de fadas. Faz anos que não leio um e é sempre bom ler ou reler alguns deles. E esses parecem ser leituras bem interessantes e que trazem algum tipo de aprendizado. Adorei!

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

  • oi ^^
    eu sou uma grande fã de contos, mas não me senti tão atraída pela leitura.
    de qualquer forma gostei de como vc abordou os contos na resenha ^^, mas no momento deixo passar a fica.

  • Que livro maravilhoso! Eu gosto muito dos livros da Editora Vozes, mas esse eu não conhecia. Acho que o tema é muito relevante, pois os contos de fadas falam muito mais sobre nós do que imaginamos. Adorei a resenha!

    Tatiana

  • Oi Marcia,
    não conhecia o livro nem os contos de fadas e adorei a forma que a autora usou para abordar esse tema que até hoje ainda mexe com nosso imaginário. Ótima dica!!! Bjs

  • Olá tudo bem?

    Mas que premissa interessante, o livro a primeira vista não me pareceu tão atrativo, mas ao ler a sinopse e a sua resenha a vontade foi ficando cada vez maior. Quer dizer todo esse estudo e como foi mesclado aos contos de fadas me conquistou e me deixou muito curioso. Gostaria sim de poder conferir a obra e poder dividir com você minha experiência de leitura contigo.

    Abraços, Carlos.

    http://triplicenerd.blogspot.com.br/
    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    • Olá Carlos
      O livro é bem bacana mesmo. Ah e como gostaria de trocar figurinhas sobre ele com alguém. rs
      Abraços e obrigada!

  • Morgana Brunner
    12 meses ago

    Oiii Marcia, como vai garota?
    Que livro incrível é esse? Realmente fiquei bastante interessada em realizar a leitura, estou cursando uma disciplina de psicologia, então creio que seja uma ótima pedida.
    Beijinhos

  • Hey, Márcia!

    Eu gostava muito dos contos de fada quando era criança, bem novinha. Depois disso, ainda muito jovem, passei pela Série Vagalume e logo depois já pulei para os livros de Agatha Christie e Sidney Sheldon. Nunca mais voltei a ler os contos de fadas.
    Foram muito importantes pra mim na época em que li, mas hoje em dia eu não tenho mais vontade de ler nada desse tipo.
    Por esse motivo, acredito que esse livro não seja pra mim. 🙂

    Beijos!

    • Oi Sandra nunca li contos de fadas nem para os meus filhos, acredita? Agora depois de adulta comprei Os Irmão Grimm, mas ainda não li.
      Ah eu também passei pela série Vagalume, tenho a coleção até hoje e Sidney Sheldon então?! Tenho todos. rs
      Mas esse livro é diferente ele aplica os contos na nossa vida real, dando base para uma terapia.
      Bjs

  • Kamila Villarreal
    12 meses ago

    Olá!

    Não o conhecia, mas achei interessante a premissa porque aborda o amor e os contos de fada sob um ângulo até então inédito. Vou pesquisar outras resenhas e dependendo, arrisco a leitura.

  • Olá!
    Eu não conhecia a obra e confesso que o livro não chamou muito minha atenção…
    Porém, achei um dos contos bem interessante, Jorinda e Jorindo. Achei a simbologia aplicada bem bacana e real.
    Ótima resenha!
    Beijos!

  • Olá, ainda não conhecia a autora e nem sua obra. Mas a premissa me chamou muita a tenção, dica anotada!!!
    Ótima resenha.
    Beijos

    blog-myselfhere.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: