PUBLICIDADE

[ Resenha ] Eu, meu pai e os meus outros amores – Lilian Reis

Edição: 1
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576798507
Ano: 2012
Páginas: 320
SinopseEu, meu pai e os meus outros amores… Há coisas na vida que acontecem e a pessoa se revolta, fica com raiva de tudo e de todos, contudo, Jade teve que aprender da maneira mais dura, que o mundinho no qual ela vivia era fútil, uma imensa bola cheia de nada. Para Jade, tudo que importava era sua mãe, padrasto e amiga. O pai era um sonho inalcançável, uma figura por quem Jade nutria “sentimentos incompreensíveis”. Ela acreditava que aquela vida de badalações, academia de dança, luais, e festas eram tudo de bom, e para o qual valia a pena viver. O resto era descartável. Entretanto, Jade fora inserida “contra sua vontade”, em outro mundo. Um lugar completamente sem valor para ela. As pessoas pouco lhe interessavam e tampouco ela acreditava que eles se interessassem por ela. Para ela, uma garota da cidade grande, o que importava eram as coisas que ela podia fazer e a maneira como se divertia, e amava apenas essas pessoas que eram seu ”tudo”… Uma história cheia de emoções, conflitos, dúvidas e descobertas, que tem um enredo gostoso, uma linguagem jovem e engraçada. Prepare-se para conhecer o outro lado do mundo de Jade. Uma adolescente quase adulta, que se mostrou rebelde e marrenta. Será que Jade aprenderá com seus erros a ser uma pessoa melhor? O livro aborda vários temas importantes, dentre eles a primeira transa, a amizade, e os sentimentos de um modo geral. Contudo, a abordagem principal é o amor de Jade por seu pai. Um homem do interior, que conviveu com sua filha apenas nos primeiros anos de vida, mas que a marcou muito. Para ela, o pai foi seu herói, aquele que a acudia dos pesadelos e dos seus medos. Todavia, a imagem deixada por ele apagou-se pelo fato de ele não ser um pai presente. A vida de Jade deu outra guinada após uma tragédia, que a obrigou a viver outra realidade..

Recebi esse livro com o autografo da autora (pulei de alegria) e queria deixar registrado meu sincero agradecimento, foram dois presentes na verdade o livro e a história que mexeu  comigo e sei que não vou conseguir pôr em palavras. Muito obrigada mesmo Lilian. Beijo grande!
A autora mostra ao leitor, com exatidão, como alguns problemas da infância podem se transformar em um drama quando se é pequeno, imaturo ainda, e mais tarde o sentimento de rejeição atrapalhar imensamente. Amei o livro por ser tão real, nada de fantasia e por isso faz com que os jovens leitores e adultos comprometidos reflitam. Algumas palavras definem esse livro: sincero, inocente, verdadeiro e real.
E se eu tivesse que definir o livro em uma frase, seria essa : Fatos comuns se tornam banais , sentimentos não!
Jade  em um acidente perde a mãe e o padrasto, depois de ficar em coma por 28 dias, ao acordar percebe que seu mundo mudou, vai ter que morar com o pai que tanto ama e odeia pelos longos períodos de ausência. E portanto sozinha, pensa ela, já que sua melhor amiga não entrou em contato desde então.
Bernardo , pai de jade é um sujeito simples amoroso  que mora no interior de Minas Gerais e sua ausência não foi deliberada, foi apenas os reveses da vida e pretende fazer com que sua filha tão amada, se sinta assim, amada e bem vinda.
Bernardo está casado  com  Isolda  que é um amor , solícita e discreta ,tem dois  filhos Duke e Fred. Aí Fred que tira o sono de Jade  e vice e versa rs
E agora está Jade que até então mal falava com o pai, morando no meio do nada, frequentando uma nova escola e tendo que que se adaptar com tudo sozinha. Difícil pra ela e difícil para o pai.
E nesse meio tempo de adaptação, Jade encontra o verdadeiro amor familiar, fraternal e o primeiro amor com quase tudo que se tem direito .rs
A Jade fala com uma voz que ela pensa ser sua consciência, acredita em anjos e vê anjos! Tanto que em alguns momentos você leitor pensa que vai acontecer algo sobrenatural, mas não, as coisas acontecem como na vida real, como na cena que ela chega na Mina, você sente um mistério, algo de anormal e os acontecimentos seguintes te levam às lágrimas. Mas não pensem que há algo de sobrenatural, é somente a vida tal como ela é.
Eu, meu pai e meus outros amores  é uma descrição perfeita do que é ser uma adolescente magoada pelos reveses da vida e eu tinha me esquecido que já fui uma . rs
Esse livro fala de perdas, perdão, recomeço e amadurecimento, enfim eu recomendo sem sombras de dúvidas.Curtam a página do livro Eu, meu pai e meus outros amores

Book Trailer

Beijos e boa leitura!

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

13 Comentários em “[ Resenha ] Eu, meu pai e os meus outros amores – Lilian Reis

Trackbacks & Pings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga - me