PUBLICIDADE

[ Resenha ] Freud, me tira dessa! – Laura Conrado

Edição: 2
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576796541
Ano: 2012
Páginas: 239
Sinopse:Freud, me tira dessa! narra a história de Catarina, uma jovem que passa a morar sozinha em função do novo emprego. Dona de uma vida amorosa catastrófica e disposta a rever suas escolhas, Cat busca ajuda na psicoterapia. Como se não bastasse o dolorido processo de conhecer a si mesma e de adentrar na relação com seus familiares, Catarina se apaixona pelo terapeuta. No auge de sua angústia, a personagem recorre ao pai da Psicanálise para sair dessa. Por meio das confusões de Cat, é possível não simplesmente rir, mas também se identificar com a profunda trajetória de autoconhecimento e aceitação da própria história. O livro rendeu à autora o Prêmio Jovem Brasileiro 2012 na categoria Literatura.

Ganhei esse livro de presente da minha filha, levei sete horas pra ler e em seguida passei pra ela que também leu no mesmo dia e que em seguida passou para minha prima que também leu em horas, mas disse não ter gostado muito, perguntei porque, não soube responder, porém passou a noite inteira, enquanto conversávamos no nosso dia de cerveja, falando da Catarina… Vai entender! Rs
Ah e vale a pena comentar que nós somos de décadas diferentes são elas: final de 60, 70 e 80! Ela gostando ou não, se identificou muito bem, isso só Freud explica! Rs

Bem merecido esse prêmio, talvez um terapeuta não se expressasse tão bem e não nos levarias as emoções e reflexões que em bom humor o livro nos leva. Perfeito!
Admirei demais a coragem de Catarina de procurar ajuda por perceber que algo estava errado com ela e nessa procura de se ajudar se meteu em algumas confusões e apelou mesmo para o pai da psicanalise. Por favor Freud me tira dessa!
Me identifiquei de cara, não com as personagens, mas com os problemas vividos por todas, até com a mãe de Catarina!
Me diverti , refleti e chorei com a cena da Catarina e sua mãe. Não acreditei quando no final o lado infantil falou mais alto e ela mandou aqueles vídeos da Carminha. Fiquei tipo assim … Hein?!!!! Mas juro que eu teria feito muito antes. Rs
Só o fato de alguém “não profissional” escrever sobre sentimentos tão difíceis e doloridos de expressar. me deu um enorme alívio, pois se alguém escreveu… Eu não sou a única anormal. Rs
Sabe as pessoas nos veem apenas como nos mostramos, não tem como e porque saber o que realmente se passa no íntimo e muito menos entender, mas leitor, há luz no fim do túnel, só precisamos de coragem  para enfrentar ou gritar Freud me tira dessa!
Eu recomendo a leitura!

♥♥♥♥♥

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

9 Comentários em “[ Resenha ] Freud, me tira dessa! – Laura Conrado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: