PUBLICIDADE

[Resenha] O Casal Que Mora ao Lado – Shari Lapena


O casal que mora ao lado ficou sete semanas na lista de mais vendidos no Reino Unido e também entrou na lista de mais vendidos do New York Times.
Os direitos de publicação foram vendidos para 24 países e 28 idiomas.
O livro foi finalista do Goodreads Choice Awards na categoria Mistério & Thriller.

“Uma história surpreendente que conduzirá o leitor a uma montanha-russa de emoções.”Tess Gerritsen.

SINOPSE: É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando.
Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Olá Pessoal
Só pra deixar registrado que não achei tudo isso que diz acima não, mas acredito que ele poderia ter sido tudo isso que a Tess Gerritsen (sou fã dessa autora) diz. Bem, vamos lá !

Quando iniciei a leitura achei se tratar de um descuido dos pais somando com a depressão pós parto da mãe que levaram ao sequestro da criança.
Só que a estória não passa de uma ficção policial super mirabolante, mas não excepcional.

Anne e Marco são convidados para um jantar pelos vizinhos que tem a casa colada com a deles (sobrados geminados) e com a falta da babá que desistiu na última hora se propuseram a levarem a babá eletrônica e se substituirem de meia em meia hora, para verem a criança. Perfeito.

Assim que o Detetive Rasbach toma conhecimento de todo o ocorrido desde a última hora que foram ver a criança ele já sabe quem a raptou, só não esperava que houvesse outra pessoa envolvida e nem o próprio sequestrador sabia disso.

E embora o caso seja previsível, a história nos sacode de um lado para o ‘outro e por um tempinho ficamos na dúvida, principalmente porque Anne esconde segredos quanto a sua saúde mental e o marido também tem seus segredos.

Eu gostei muito mesmo do final e a minha única ressalva é que algumas cenas poderiam ter sido apresentadas um pouco mais desenvolvidas como exemplo o casal que mora ao lado Cynthia e Graham.
Afinal Cynthia já foi melhor amiga de Anne e enquanto havia alvoroço ela nem apareceu para prestar solidariedade…

Apesar de não ser AQUELE livro no gênero a leitura é bem dinâmica.

E vocês já leram? 

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

10 Comentários em “[Resenha] O Casal Que Mora ao Lado – Shari Lapena

  • Olá
    que interessante sua resenha, eu quero esse livro desde que lançou pois é um dos meus gêneros favoritos, então com certeza já esta na minha lista faz tempo e depois dessa resenha, quero para ontem

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

  • Vejo muita gente falar bem dessa leitura e por isso quero dar uma chance a esse livro logo.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

  • pena que vc nao curtiu muito, e realmente vi muito rebuliço nas redes quando ele foi lançado, superestimado… ainda nao li, se tiver chance e tempo posso até dar uma chance, mas tá longe de ser prioridade…
    bjs..

  • Bruna Costabeber
    3 semanas ago

    Oi Márcia,
    Previsível não? Eu li esse livro e saquei junto ao investigador o sequestrador e achei uma tentativa bem ruim de tentar fazer dar certo quando incluíram esse envolvimento no sequestro.
    Beijos

  • O livro não é perfeito, mas curti bastante a leitura. Gostei da forma como as coisas foram conduzidas. A única coisa que realmente me chateou foram a parte final. Achei aquela cena desnecessária e que não acrescentou em nada no enredo.

    Beijos, Gabi
    http://www.reinodaloucura.com

  • Olá, gosto do gênero, mas acho que só tinha visto a capa desse livro, não sabia nada dele. Pela sua resenha, eu vejo muito problemas com a trama, e apesar de gostar de livros policiais não me senti tão atraída pela obra, o que é uma pena, pois a premissa tem tudo para ser incrível. Bjs

  • Oi, tudo bem? Não conheço os livros e nem a escrita da autora. Eu geralmente gosto de suspense e achei este bem preparado. Pena que não explicaram direito os fatos e não terem ligados os personagens corretamente. Eu com certeza leria.
    Parabéns pela resenha.
    beijos

  • Oi Marcia, também sou fã da Tess e assim como você leria uma recomendação dela. Achei um absurdo esta ideia do casal de deixar o bebê sozinho, que descuido! O enredo tem um ótimo mote, uma pena que não tenha sido tudo isso.
    Bjs, Rose

  • Oi Marcia tudo bem querida?
    Eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina garota, parece sempre ser cheio de mistério e deixar qualquer leitor animado para saber o que tem de tão fascinante e mistério, dica anotada e amo essa capa de paixão, desde o lançamento.
    Beijinhos

  • Achei interessante, pena que vi ma dica do livro só agora, caso contrário teria colocado no meu guia de leitura 😮
    Adoro narrativas cheia de quebra-cabeças e teias, são as melhores pra mim.
    Vou querer ler o livro e certamente preciso saber o que rolou com o desaparecimento da bebê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga - me