PUBLICIDADE

[Resenha:] O Ex-Excluído – Germano Gonçalves

Número de páginas: 130
Edição: 1(2012)
Formato: A5 148×210
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
INTRODUÇÃO

Um movimento que vem fazendo com que muitas pessoas principalmente jovens e adolescentes conheçam um pouco mais da literatura de periferia também conhecida como literatura marginal periférica divergente, por intermédio da música falada o hip-hop esta ligada a literatura e incentiva toda uma comunidade a tomar gosto pela leitura e se incluírem na sociedade deixando de ser um excluído, uma frase que sempre é dita nos saraus que acontecem por toda a parte da cidade e das periferias que estimula os jovens a se interessar pela leitura. “Diziam que não sabíamos nem ler e agora estamos escrevendo livros”.
Jovens e adolescentes que agora fazem suas poesias do seu dia-a-dia, que escrevem as dificuldades do cotidiano de uma periferia, jovens que se arriscam como escritor, poeta, ilustradores e até mesmo produtor cultural levando para o povo das classes mais altas, cultura popular, pois a periferia é terra de bem também tem seus valores não é só sofrimento e dor não, tem quem faz a arte com muito amor são pessoas de pouca ou muita idade que só querem uma oportunidade, valeu!

(…) “Somos excluídos da saúde.
Incluído nas coisas que te enterra.
Nas coisas do Serra.
Somos excluídos da escola.
Incluídos na esmola.
Somos excluídos do trabalho.
Incluídos em maus tratos junto a sindicatos.
Incluído na escravidão desde os tempos de servidão.
Coisas de patrão.
Excluído da alimentação.
Incluído nas coisas da fome com diálogo que some.
Coisas de Inácio.”(…)

Trecho de um dos poemas – pág 12
Nesse livro o autor em prosa poética nos fala de seus sentimentos a respeito da exclusão social do país e dos valores culturais das classes populares (de periferia) , nos conta sua vida , seus sonhos e dificuldades diante de uma sociedade desigual.
Relata fatos sobre a cultura de rua , do movimento Hip-Hop, a qual faz uma comparação ao surgimento do Rock na década de 50 e de que forma ele através de sua literatura contribui com esse movimento.

 

E em uma narrativa tocante nos conta sobre seus pais ambos já falecidos.E com profundo respeito, amor e admiração fala das mulheres de sua vida, esposa e filhas.

 

Sinceramente é um livro fascinante, simples, verdadeiro, leva à reflexão… Eu me identifiquei logo de início .

 

Adepto da filosofia de Raul Seixas, Germano nos conta seu encontro com o ídolo o que me causou profunda empatia , pois também já tive o privilégio de conhecer Raul pessoalmente.
Diz o ditado que ” Não se escolhe o livro pela capa” concordo! Passei a achar a capa de O Ex-Excluído bem mais atraente após ter lido seu conteúdo.
E para aqueles que não gosta muito de poesias vão se surpreender com esse livro, vale a pena ler.
Portanto fica aqui minha dica de livro da semana.
Boa leitura!

 

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

4 Comentários em “[Resenha:] O Ex-Excluído – Germano Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: