PUBLICIDADE

Resenha – O Grimório das Bruxas – Antologia do Corvo


Olá queridos leitores do Mundo Literário!
Pelo de gato preto, patinhas de barata, rabo de lagartixa, uma pitada de alecrim e agora as palavras mágicas devem ser proferidas:  Que com essa poção mágica todos que lerem essa resenha terão uma excelente semana! Plim Plim Plim!! A resenha da vez é cheia de mistério, tristeza, alegria, amor, ódio, vingança, esperança…tudo misturado, realmente se transformando em uma poção mágica para uma leitura nesse mundo encantado.

SINOPSE: Há muito tempo um grimório se perdeu nas eras.
Nele, além das receitas das bruxas haviam histórias sobre feiticeiras boas e outras terríveis.
O grimório foi encontrado e agora está ao seu alcance, TOME CUIDADO, pois ao ler essa história sua mente será visitada por cada criatura mencionada nele…
As Bruxas vivem no imaginário popular desde a idade média. O que contribui para as lendas urbanas e relatos fantásticos a respeito das mulheres que tanto apavoram os povos, mas será que todas não passam de lendas?
O Grimório das Bruxas – A Antologia do Corvo , traz diversos escritores revelações que mostram uma capacidade incrível de introduzir o leitor ao conto.
O projeto traz como principal objetivo a apresentação de escritores de diversos gêneros literários, com propostas e vivências diversificadas.
AUTORES: Gabriela Rodrigues, Gabriel Casanova, Jonnata Henrique, Douglas Ferreira, G.A.Zimath, Suka.P, C.David, Jéssica Cardoso de Oliveira, Marcia Lopes, Daniel de Santana Pelotti, Breno Vieira e Leonardo Geranio.
CONTOS:  A bruxa e os contos de fadas, A peste e o martelo, Matilde, A vingança de uma bruxa, Proteja meu filho, Os bruxos de Alcoa,  A última curva, Caça as bruxas, Última conexão, As filhas da natureza, A garota da Colina e Como nascem as estrelas.

O livro possui 12 histórias curtas e longas com narrativas diversas, ou sobre bruxas ou sobre situações estranhas, aquelas que nunca sabemos explicar ao certo, mas que sempre nos deixam com a nuca arrepiada. Confesso que estava lendo uma das histórias sozinha em casa e fiquei meio assim, sabem? Com medo! Mas não sou muito base para essas coisas, visto que me impressiono facilmente!

Um dos contos fala sobre duas irmãs, uma que casou e que em algum momento acreditaram que essa irmã era uma bruxa. Sendo assim a queimaram na fogueira. Contudo a outra irmã teve que se esconder, visto que ela se fosse encontrada também morreria queimada. Contudo, escondida na floresta ela preparou o plano dela de vingança contra todos que participaram do ato de morte da irmã. Nesse caso da história é relatado quando ela captura o marido da esposa. Ela conta que a todos que captura antes de matá-los, ela os tortura de formas variadas. Para assim depois matá-los. Durante seu relato ela se pergunta se está fazendo o correto, se deveria agir de outra forma. Contudo quando surge a mente dela o que aconteceu a sua irmã, ela fica revoltada com o acontecido. Assim como a participação do próprio marido da irmã dela não ter feito nada para impedir tal ato. Tanto que enquanto ele está preso, ele diz que não poderia ter ajudado e fala outras coisas também, para ver se ela o liberta. Ao final ela o mata.

A maioria desses contos são dessa forma, as lembranças dessas mulheres tidas como bruxas e suas experiências por conta disso. A maioria das histórias é melancólica e de vingança.

Com relação a parte de diagramação, não achei um livro simples de ser lido por conta da fonte que foi escolhida. Pra quem encher bem já não foi muito confortável, para quem tem algum problema na vista, vai ser mais complicado. Pois as letras não são grandes e a fonte é em estilo de letra da idade média. Outro ponto que pode ser melhorado no livro são algumas ilustrações que não ficaram com boa qualidade e todos os títulos dos contos são muito difíceis de ler, parece que acabou a tinta da impressora, e ai junto com o estilo de letra, ai realmente você não consegue saber o título.

Você acaba tendo ideia porque há o menu no início do livro. Porque se não tivesse ia ficar complicado de ler o título de cada conto e de saber de quem é.

Sobre o que eu sentia ao ler o livro. O que me vinha muito forte enquanto eu lia essas histórias é que por mais que elas sejam uma criação, de fato em uma época todas as barbáries ocorreram de verdade. Mulheres e crianças meninas iam às fogueiras pela forma como a bíblia era interpretada. Que a mulher já carregava o pecado em si e por isso tinha pacto com o satanás (que por sinal é o nome do gatinho fofo da Bruxa do 71 do Chaves!).

Geralmente leio dentro do ônibus e não sei com vocês, mas o cotidiano me faz “esquecer” algumas coisas, até a situação acontecer e eu me dar conta novamente que vivemos em uma sociedade muito desigual quando se trata de direitos das mulheres e nossa posição na sociedade. Hoje as fogueiras, até onde sabemos, foram extintas. Contudo se fizermos uma analogia às redes sociais, estas estão cheias de pessoas com o mesmo ódio e empunhando suas tochas acesas, mas em forma de vibrações negativas para a pessoa que as recebe.
Quantas e quantas vezes vemos fotos de mulheres que não fazem parte de um padrão que nós mesmos consideramos aceitáveis e sofrem xingamentos, calúnias e outros tipos de ameaças que muitas vezes nem temos conhecimento. Para mim essas são as fogueiras atuais e que devemos extingui-las também. Acredito que toda opinião é verdadeiramente válida, contudo a forma como ela é transmitida é que a torna um insulto ou uma forma diferente de ver uma mesma situação.

Ao longo da maioria das histórias, se não me engano a maior parte não possui final feliz, mas verdadeiramente isso não é triste, é apenas uma realidade. Mas hoje, depois de ler esse livro, se alguém me chamar de Bruxa, de verdade, vou ter muito orgulho. Porque tenho certeza que nenhuma daquelas mulheres e meninas crianças morreu em vão.

Espero que vocês tenham interesse de ler esse livro, vale muito a pena. E vocês já leram algum livro que os fez refletir sobre as nossas questões sociais?
Desejo a todos uma semana mágica!!

Beijos carinhosos
Natália Bovolenta

COMPRAR

Nata Bovolenta

29 anos, segui e ainda sigo caminhos diferente da minha formação e acho isso o máximo, porque nessa vida nada é imutável. Amo livros de biografias, romances antigos, de organização financeira e de filosofia. Gosto tanto de livros que entre um livro e uma jóia, fico com o livro, acredito que algumas pessoas me entenderão!

13 Comentários em “Resenha – O Grimório das Bruxas – Antologia do Corvo

  • Olá!

    Não conhecia este livro, fiquei bem interessada depois que li o título. Adorei a resenha, me fez ficar bem curiosa com relação a narrativa da obra. Vou procurar mais sobre ela e o melhor lugar para comprar.

  • Também me impressiono facilmente, mais facilmente que qualquer outra pessoa que eu conheça, e por isso não fiquei com vontade de ler. Além de não gostar de ler contos, tenho verdadeiro horror de sentir medo durante uma leitura. Fora que olha, essa fonte ia me enlouquecer e nem sei se conseguiria ler. Espero que mudem isso numa próxima edição.

  • Oiee, tudo certo? Ameei sua resenha e conhecer esse livro, é a primeira vez que leio sobre ele e já fiquei interessada em conferir também. Achei a proposta sensacional!!

    Beijos!

  • Olá, tudo bem? Adoro antologias, e ainda essas de bruxas <3 Nunca tinha visto uma antes, mas adorei a descrição que você fez. Fiquei bem ansiosa, por isso dica anotada <3 e ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

  • Oi, tudo bem?
    Adorei a capa, acho que tem tudo a ver com o livro. Fiquei curiosa para saber mais e adorei a resenha. Quanto a fonte escolhida, pode ser um problema, pois não gosto de nada que saia do “tradicional” quanto as fontes, mas acredito que não irá atrapalhar a leitura! Dica anotada!

  • Olha ai a resenha do grimório s2
    Gostei da resenha, achei interessante o que você disse sobre nossa fogueira dos tempos atuais; eu não tinha pensado desta forma ainda, acredita?

    Concordo que a fonte medieval atrapalhe a leitura, mas acho que as imagens e até a própria fonte sirvam para indicar a idade – antiga- do grimório e remeter os leitores a este fato.

    Os contos estão muito legais, tem contos obscuros também.

    Parabéns pela resenha =)

  • Oie amore,
    Não curti muito essa capa não… mas procuro não me apegar as capas… Adorei o lançamento de magia… torcendo pra que de certo aqui rs.
    Adoro livros com histórias curtas, por isso anotei a dica por aqui!

    Beijokas!

  • Olá,

    Pela capa eu estava esperando uma história mais creepy, porém achei a premissa bem interessante e diferente de todos os livros que já li sobre bruxas. Eu gostaria muito de conhecer esses contos. Porém, não com esta edição :/ tenho sérios problemas de vista e acho que não seria muito confortável, no entanto estou torcendo por uma nova edição mais “clara”.

  • Esse livro parece ótimo! Já tinha visto a capa dele por aí e sua resenha deixou-me ainda mais curiosa! Já foi para a lista de leituras!

    bjs

  • Olá!
    Uau, que bela coletânea hein!
    Adorei conhecer mais sobre essas obras, apesar de ser um gênero que pouco leio.
    Gostei da capa e achei sugestivo.
    Espero conhecer melhor qualquer dia desses pois pretendo incluir na minha lista de leituras.
    Beijos!

  • A vapa dele tá um atraso de linda, mas confesso que esperava algo mais voltado para o oculto, e nao um livro de contos hahahah
    Mas deve ser legal fazwr a leitura e deixar a imaginação solta…

    Bjs…

  • Oi Nata, o último livro que li com contos do gênero não gostei muito, mas não vejo problemas nenhum em ler este. Além de gostar de livros de contos, gosto de enredos que envolvam bruxas. Dica anotada.
    Bjs

  • Olá Nata, tudo bem!
    Sua resenha ficou ótima! Eu ainda não tive tempo de ler todo, fico pescando um conto aqui outro acolá!
    O fato da fonte, diagramação e imagens creio que foi meio proposital pra criar a ideia e o clima de um livro achado com histórias, receitas de “bruxas” “feiticeiras” desde os primórdios até os dias atuais, algo assim rs
    Senti falta de vc falar um pouquinho dos contos ou dos quais vc tenha gostado mais! Mas fiquei super feliz de você ter gostado do livro. Muito Obrigada por tudo!
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: