PUBLICIDADE

[Resenha] O Pássaro – Samanta Holtz

Edição: 1
Editora: Novo Século
ISBN: 9788575796381
Ano: 2012
Páginas: 480

Caroline Mondevieu é filha de um poderoso Barão e tem tudo o que uma dama da época poderia querer: status, riqueza e um ótimo partido para se casar. Seus sonhos, no entanto, vão muito além de vestidos caros ou um bom marido; ela quer ser dona do próprio destino. Sua vida muda completamente quando encontra Bernardo, um charmoso domador de cavalos que parece ter o dom de irritá-la. Eles não conseguem se entender até quando percebem que, para alcançar o sonho em comum da liberdade, terão que passar por cima das suas diferenças e se unirem num arriscado plano que promete transformar suas vidas para sempre. Grandes emoções os aguardam em sua jornada; perseguição, mistérios, ciganos e o despertar de um sentimento que insiste em se manter escondido. Mas o que parece tão simples envolve muito mais magia e coincidências que eles podem imaginar, além da descoberta de segredos, até então, muito bem guardados. Uma história romântica e surpreendente que irá prender sua atenção desde a primeira página. Você está preparado?

O Pássaro é uma história triste, trágica, emocionante e inesquecível. Caroline ficará para sempre na minha memória. Com ela eu aprendi que mesmo que as condições sejam contrárias a tudo que você pensa ou sente, não existem amarras para a realização de um sonho, cujo o sentimento de querer está enraizado no fundo da alma, sempre faremos escolhas que nos levem a concretizá-lo, basta ter ousadia, obstinação e coragem para arcar com as consequências que nem sempre é o que esperamos. E é também uma linda estória de amor que foge aos padrões comuns de ” casaram e viveram felizes para sempre”.

A história se passa no século XIII época em que os filhos obedeciam o pai, e a mulher ao pai e ao  marido. E é nesse contexto que nasce Caroline, filha mais nova do poderoso e intolerante Barão de Montevieu e  de Antonelle, uma mulher calada e submissa assim como sua irmã  Elizabeth, ambas não contestavam de forma alguma as decisões e atitudes de Enézio (o Barão).

Bernado e Caroline se conheceram ainda criança, ela totalmente inocente e ele já amadurecido pelo sofrimento e com ressentimento lhe abre os olhos para a realidade social em que vivem. A partir desse dia a vida de Caroline passou a ter outro destino.
Cresceu ressentida com o pai e coberta de perguntas sem respostas, descobrira até que a igreja compactuava com toda a situação pela omissão da verdade.
Para desgosto de Caroline seu pai lhe arranjara um marido e embora a escolha fosse seu muito querido amigo Filip, não era o que ela queria para o futuro, uma vida convencional,  ela queria ser livre para decidir como viver e ela amava a vida!

O seu reencontro com Bernado só lhe trouxe mais inquietações, embora ele a irritasse por tratá-la com ironia, acabou descobrindo que tinham sonhos parecidos, ela tinha dinheiro e posição para levar uma vida confortável e segura, mas não tinha a liberdade de escolhas, ele era livre pra fazer o que quisesse , mas não tinha dinheiro e posição. E em meio a vários acontecimentos e movida pela história de sua bisavó, uma mulher que largara tudo e saira ao encontro de seu grande amor, Antonieta nunca fora encontrada tornara-se uma lenda na região,decidida a ousar como sua bisavó , Caroline convence Bernado a ajudá-la fugir

Durante a fuga nasce o amor entre eles e foi no acampamento cigano, sob a proteção da líder mãe Nuha, que Caroline resolve seus conflitos interiores e recebe o nome cigano de Daeyah. O pássaro. Eles passam um tempo por ali e sentem que tem uma força quase sobrenatural que os impelem a caminhar juntos, mas é claro que foram encontrados!
No regresso , segredos são revelados, mistérios são solucionados, correntes são quebradas e a liberdade enfim, conquistada.

Essa é uma frase de um trecho que Caroline conversa com uma menina cigana, eu gostei muito.

“Quando a tristeza cresce dentro da gente, ela precisa sair. Senão, não sobra espaço para felicidade.”

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

18 Comentários em “[Resenha] O Pássaro – Samanta Holtz

  • E eu precisava ouvir isso de alguém. "Quando a tristeza cresce dentro da gente, ela precisa sair. Senão, não sobra espaço para felicidade." Excelente resenha. Beijosss

    • Ah Edna nesse momento essa frase tem tudo a ver com você, mas não esqueça que com muita coragem, coragem até mesmo pra sofrer, sempre conseguimos dar a volta por cima…E com certeza mais fortalecida.
      Essa Carolina do livro tem muito a ensinar, ela é fodástica, em outro momento farei uma releitura de Pássaros, não gostei da resenha!
      Bjs

  • Oie Marcia
    Eu já li O Pássaro é amei.
    A história é linda e emocionante 😀
    Parabéns pela resenha e pelo blog lindo.
    Beijos

    Jéssica
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

  • Márcia, eu li O Pássaro e gostei muito da sua resenha. Temos uma outra visão quando lemos o livro e depois uma resenha, não é? Gostei muito, pois vc abordou bem os pontos prncipais do livro. Parabéns.
    Beijinhos no coração.

    Marli Carmen- escritora.
    Fan page do livro: http://www.facebook.com/pages/Livro-Amazônia-um-caminho-para-o-sonho/341433685880795
    Amazônia no skoob: http://www.skoob.com.br/livro/189218-amazonia
    Booktrailer: http://www.youtube.com/watch?v=Vfr2l3GLCX0
    Blog:http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    • Obrigada Marli, e vc acredita que Amazônia está na minha lista de compra aos nacionais, já tem um tempinho, mas como a pilha de livros aqui aumentou acabei esquecendo.
      Bjs

  • Querida Marcia!!!

    Adorei a sua resenha :))) Fico muito feliz que "O Pássaro" tenha sido uma leitura tão gostosa e imprevisível, para você!

    Simmm, a parte dos ciganos é muito especial… a favorita da maioria dos leitores e, se eu pensar bem, acho que a minha também rs… <3

    Um beijo enorme e obrigada por dividir sua opinião com seus leitores!

    Um grande beijo no coração,

    Samanta

    • Obrigada Samanta por vir comentar, eu ganhei o livro em novembro de niver, entre cinco nacionais deixei ele por último, porque achava que não fosso gostar, não sei se me arrependo! Afinal acabei fechando a leitura destes com chave de ouro!rs
      Bjs.

    • Oi, querida :))

      hahahaha às vezes, a gente se deixa enganar por causa do tema do livro, né??? Muitos me dizem, mesmo, que não tinham vontade de ler porque achavam que seria um texto chato ("Romance histórico?? Ahhh, credo" hahahah)

      Eu mesma nunca tinha lido os livros da Jane Austen e, depois que li, mesmo ela escrevendo histórias antigas (e tendo vivido em épocas antigas!), eu AMEI!

      Fico muito feliz que tenha gostado!!!

      Um beijo, querida ^^

  • Amei sua resenha ♥
    Você não faz ideia de como me apaixonei por esse livro, Caroline é simplesmente incrível!
    Fiquei tão surpresa e revoltada com final, mas depois do choque eu parei, pensei e comecei a chorar kkkkkkkkkkk

    Bjs
    Jéssica

  • Márcia, amiga que livro e que resenha maravilhosa. Acho a capa por si só de uma delicadeza única. Ja compraria só pela capa. Mas sua resenha me deixou muito curiosa pra ler o livro. Cara ainda tem todo um lado de uma acampamento cigano? Pode confessar: Quer judiar, né? Adorei tudinho. bjoks
    Eykler

  • Parabéns pela resenha Márcia! Estou ansiosa para ler O Pássaro! Beijo!

Trackbacks & Pings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga - me