PUBLICIDADE

[Resenha] Se houver Amanhã – Sidney Sheldon

 

Editora: Record
Assunto: Literatura Estrangeira / Romances
Edição: 28ª
Ano: 1997
Páginas: 402
Sinopse: Crimes perfeitos, como o roubo de um quadro de Goya do Museu do prado, são um desafio pára Tracy Whitney. Mas ela não é uma ladra qualquer: para vingar-se dos homens que a colocaram injustamente na prisão, Tracy torna-se uma especialista em aplicar golpes em empresários inescrupulosos. De Nova Orleans a Londres, passando por Paris, Biarritz, Madri e Amsterdam, ela desafia a Interpol com uma série de ações ousadas, tendo como rival apenas Jeff Stevens, um irresistível trambiqueiro.

“Na penitenciária, ela se vê cercada das criminosas mais violentas que jamais imaginou existir e, ao ser estuprada e violentada por elas, perde o bebê que estava esperando, mas começa a enxergar sua nova realidade: o mundo que conhecia não existia mais, a mãe maravilhosa e carinhosa estava morta e o noivo perfeito não a queria mais, e se quisesse sobreviver para se vingar daqueles que a haviam colocado ali, teria que mostrar a todos quem ela era. “

Eu sou apaixonada por livros de romances e nessa categoria Sidney Sheldon pra mim é o melhor.
Nesse livro Sidney nos coloca na cadeia com Tracy Whitney, culpada por roubo que não cometeu.
Tracy era uma pessoa comum, que levava uma vida comum,mas desde que sua mãe cometera suícídio,
sua vida começou a mudar drasticamente. Se vê grávida,abandonada pelo noivo e presa com pena de 15 anos.
E aí que começa a emoção. Na cadeia ela planeja vingança contra os responsáveis que a mandaram pra lá. E assim que conseguiu
provar sua inocência pôs seu plano em ação , conseguindo fazer cada um pagar, porém descobriu que uma vez com o nome na lama seria
complicado viver como uma pessoa normal, então vai ao encontro de um joalheiro ,Conrad Morgan, numa outra cidade, amigo de uma ex-colega de cela,
a partir desse dia sua vida mudaria para sempre.
Veio se tornar a melhor ladra de todos os tempos e entre um roubo e outro , conhece Jeff Stevens, charmoso ,cativante e irônico.
Os dois vivem uma relação de amor e ódio, principalmente que são rivais nos negócios.
Por fim chega um momento que eles tem que se unir contra um inimigo em comum, um caçador de ladrões que está atrás dos maiores ladrões de arte e jóias da Europa.
Que por acaso são os dois!
O final é surpreendente. O livro é espetacular,merece ser lido, ele te prende do começo ao fim e você fica torcendo pela heroína mesmo sabendo que ela está errada.

Marcia Lopes

Paulistana, bookaholic. Louca por livros de terror,Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa um bom romance. Também apaixonada por filmes e séries.

3 Comentários em “[Resenha] Se houver Amanhã – Sidney Sheldon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: