quarta-feira, agosto 08, 2018

(Resenha) Nada Dura para sempre - Sidney Sheldon


Sinopse

Kat Hunter, Betty Taft (Honey) e Paige Taylor são as únicas mulheres em um grupo de médicos residentes de um hospital de São Francisco.
Além de trabalharem juntas, elas dividem o mesmo apartamento e protagonizam situações, no mínimo, insólitas: a primeira, por pouco não provoca a interdição do hospital; a segunda mata um doente em troca de 1 milhão de dólares; e a terceira é assassinada.
Em "Nada Dura Para Sempre", Sidney Sheldon envolve o leitor em uma trama na qual transitam profissionais da medicina e mafiosos, pacientes e viciados em drogas. Um jogo de gato e rato capaz de tirar o fôlego, com todos os elementos que transformaram os livros de Sheldon em campeões de vendas.

Olá pessoal!

Gostei muito da leitura de Nada dura para sempre de Sidney Sheldon , meu ídolo na adolescência, tanto que estou fazendo releitura de todos, menos esses da Tilly Bagshawe
que só li A Senhora do Jogo, ainda não me decidi se vou seguí-la.
Bem, nesta história temos três garotas com passados diferentes e em um mundo, pelo menos na época, ocupado por homens e que as mulheres não passavam de vaginas.

Existem três classes de seres humanos: homens, mulheres e médicas.” ( Sir William Osler)

Kat ​vem de um passado com um histórico de maus tratos e abuso sexual, é negra e teve que ralar muito para concluir seu sonho de ser neurocirurgiã. Tem um irmão que ama mais que tudo mas que só lhe traz problemas. Há muito tempo que decidiu estar melhor sem se relacionar afetivamente com homens, até conhecer Ken Mallory, mas não dava para imaginar o que viria a seguir com esse relacionamento.

Honey ​ de família abastada , queria ser enfermeira, gostava de cuidar das pessoas. Mas a família queria que ela fosse médica, ser médico é ter status.
Sabendo que não conseguiria nota para entrar na faculdade de medicina, utilizou a única disciplina em que se aperfeiçoou — o sexo.
Era constantemente motivo
de chacota no hospital. Como se não bastasse o machismo que imperava.

Paige ​médica dedicada, tem nas veias a medicina, fora criada por médico que trabalhava na África e por motivos políticos veio estudar nos Estados Unidos.
Deixou para trás o pai que logo veio a falecer e um namoradinho de infância que juraram construir suas vidas juntos em prol do pessoal africano. Mas em um belo
dia seu amado lhe apresenta sua mulher.
Paige se entrega ao trabalho e é muito boa no que faz, mas agora ela está sendo processada por matar um paciente. E sim ela o matou, mas não sabia nada sobre o testamento e é enquanto ela está no tribunal é que vamos conhecendo a histórias das garotas, como também  de Jason Curtis seu futuro marido.
Eu recomendo a leitura e como sempre Sidney Sheldon nos apresenta mulheres
fortes, destemidas  para os dias de antes e porque não hoje verdadeiras
heroínas.

Compre na Amazon

48 anos até novembro, paulistana, louca por livros de terror, Thriller psicológico, policial, jurídico... Mas não dispensa outros gêneros. Também apaixonada por filmes e séries.

5 comentários :

  1. Interessante a resenha, eu nunca tinha ouvido falar sobre esse livro e estou a procura de livros com uma presença feminina marcante. Acho muito importante esse destaque da força feminina em meio aos acontecimentos que acabam por utilizar do gênero feminino como significado de delicadeza, realmente não somos o "sexo frágil".

    ResponderExcluir
  2. Olá!! :)

    Confesso que não conhecia o livro mas achei interessante (ainda que não totalmente inovador) por explorar o mundo de três mulheres num mundo em que não passavamo disso mesmo… Mulheres.

    Enfim, ainda há muito que mudar na verdade… Mas acho que estamos no bom caminho.

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Já li alguns livros do Sidney Sheldon, inclusive A Senhora do Jogo e gostei bastante de alguns, outros me deixaram um pouco traumatizada, hahahaha. Mas Nada Dura Para Sempre não li, a história parece interessante.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Nunca li nenhum livro do Sidney Sheldon, mas tenho muita curiosidade, pois assim como s sua resenha todas as que leio sobre os livros dele são bastante positivas e animadoras, apesar de algumas me assustarem um pouco kkkkk. Amei a sua resenha e dica. Amei a marca feminina nessa leitura e isso por si só já me conquistou. Vai certamente para o topo da lista dos livros do autor que pretendo ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Você acredita que eu ainda não li qualquer livro do Sydney Sheldon? Tenho vontade de conhecer sua escrita, pois gosto do gênero. Gostei da sua resenha, está de parabéns. Dica anotada!
    Abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!. ♥♥
Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
Comentários ofensivos serão apagados!