segunda-feira, outubro 15, 2018

Leo Vieira: Não Alongue a sua História Desnecessariamente



Um erro imperdoável. Eu já li muita chatice exatamente porque o autor teve a infelicidade de não ser honesto na hora de contar a história. Pior ainda é quando a história é longa, chata, incompreensível e não apresenta lógica alguma. Já apresentei antes que se você incluir algo bizarro num texto, tal coisa precisa ter um motivo justo para estar lá. Conteúdo desnecessário torna a história ainda mais desnecessária. Se a história é curtinha, tente então por mais um ou mais dois enredos paralelos. As novelas são grandes porque envolvem pelo menos quarentas tramas paralelas através de seus personagens. Se achar que não tem necessidade, fique com uma história curta, que ela será inesquecível.
Leo Vieira

® Leo Vieira- Direitos Reservados


Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

sábado, outubro 13, 2018

Divina Paixão - Adrieni Latorre Real (Book Trailer)

Olá, pessoal!
Já tenho resenhado aqui no blog o livro Divina Paixão  de  Adrieni Latorre Real  e para comemorar o Halloween começo com o book trailer que autora postou em seu canal no YouTube.

Divina Paixão é o livro de estreia da autora  que tem como pano fundo a criação do mundo e sua ainda “eterna” luta entre o bem e o mal.
Será possível enganar o pai da mentira?

Neste livro você vai conhecer seres místicos que trabalham junto com os seres celestiais contra Anjos caídos e sua legião de seguidores e o mais conhecido e poderoso de todos está o Vampiro.

Esta é especificamente a história de nossa protagonista futura rainha dos vampiros e seu amor por um descendente de Arcanjos…

Em Divina Paixão não encontrei novidades e sim diferenciais das histórias contadas em literatura. Estive cara a cara com o mestre do mal (Lúcifer), demônios, Bruxas, lobisomens e outros. Também torci demais para o casal Smarald e Miguel, duas forças que deveriam se repelir e, no entanto se atraem contrariando toda a lei existente.

Este amor nos leva literalmente direto ao inferno e no final cabe a nós leitores decidir: houve realmente uma vitória?

Onde comprar:

AMAZON
CLUBE DE AUTORES
SARAIVA

Ficha técnica


Número de páginas: 222
Edição: 1(2017)
ISBN: 978-85-922434-0-1
Formato: A5 (148x210)
Tipo de papel: Offset 75g

Continue Lendo
Um comentário
Compartilhe:

quinta-feira, outubro 11, 2018

Salvem as vogais - Martha Medeiros


Olá  pessoal, faz tempo que não posto um texto né? Eu achei esse texto Salvem as vogais da Martha Medeiros bem interessante e reflexivo...
Será mesmo que a "miséria intelectual" é mesmo culpa só do governo?
O que pode ser mais miserável do que uma pessoa faminta, sem teto, sem futuro, sem saúde? Sabemos que não são poucos os miseráveis do país, mas às vezes esquecemos da quantidade também imensa de miseráveis que está em nossa órbita, cuja barriga não está vazia, mas a cabeça, totalmente.


Acompanhei a transcrição dos chats que foram divulgados pela imprensa, para que se saiba mais sobre o que aconteceu com aquele rapaz que morreu num posto de gasolina, depois de uma briga  Lula nem precisava levar os ministros para o Nordeste para que eles conhecessem a pobreza extrema, bastaria que entrassem numa sala de bate-papo virtual. Miséria psicológica também atola um país. 

Dependendo da escolha do assunto, é possível encontrar na internet conversas que fazem sentido, com frases que têm começo, meio e fim, mas na maioria das salas o que costuma rolar é um papo furado da pior qualidade, com altos teores de vulgaridade e agressividade. Um bando de seres abreviados, tal como escrevem. Um miserê de dar medo. 

A fome de pão e leite tem que ser saciada com urgência, mas nossa miséria é mais ampla e se manifesta de várias maneiras,não só através da perda de peso e dos ossos aparecendo soba pele. Miséria é perda de discernimento. Perda de amor-próprio. Perda de limites. Até perda de vogais: vc q tc cmg? Normal: códigos de internautas. Mas me diz se não é o retrato da penúria?

Eu vejo miséria por todos os lados, em todos os andares dos edifícios,dentro dos carros, fora deles, em portas de escolas e dentro delas, do lado de fora da nossa casa ae também ali comodamente instalada, miséria espiritual, miséria afetiva, miséria intelectual, indigências que tornam o ser humano cada dia mais tosco e bruto. Eu sei que a vida é assim mesmo, que os tempos são outros, que não adianta vir com moralismo e com este papo de que a família tem que participar mais da vida dos filhos, nada adianta, o rio vai seguir correndo para a mesma direção. Eu sei. Mas não me conformo.

O alfabeto tem 21 consoantes, se contarmos o K, o Y e o W. E apenas cinco vogais. Perdê-las é uma metáfora da miséria humana. Cada dia abandonamos as poucas coisas em nós que são abertas e pronunciáveis. Daqui a pouco vamos apenas rugir. Grrrrrrr. E voltar para a caverna de onde todos viemos.


Continue Lendo
8 comentários
Compartilhe:

quarta-feira, outubro 10, 2018

[Resenha] O nevoeiro - Stephen King


Olá pessoal!

 O Nevoeiro é um conto de Stephen King com mais de 100 páginas, a história é o maior conto da obra Skeleton Crew ( Tripulação de Esqueletos ). A história é narrada por David, que mora em uma cidadezinha do EUA com sua esposa Stephanie e seu filho Billy de 5 anos.
 SINOPSE
Depois de uma terrível tempestade, uma estranha névoa encobre uma pequena cidade. Criaturas ocultas no nevoeiro atacam as pessoas que saem às ruas. Um grupo fica preso em um supermercado e não pode sair do estabelecimento temendo ser atacado. A partir de então, começa uma luta sangrenta pela sobrevivência.
Tudo começou com uma tempestade durante a noite, devastando casas, derrubando árvores e fios elétricos, portanto, estavam sem energia e telefone.
 No dia seguinte, após avaliar os estragos, David decide ir até o mercado da cidade comprar materiais de reforma e mantimentos, levando seu filho com ele.
Pressente que é a última vez que verá sua esposa. Ele ficou inquieto desde que viu um estranho nevoeiro avançando do lago.
 Quando estão dentro do mercado, logo percebem que estão presos, pois o nevoeiro já tomou conta da cidade e pior, pessoas entram dizendo que há monstros lá fora e que é impossível sair.

 A partir daí começam a estudar maneiras para que as criaturas não entrem no estabelecimento, mas logo percebem que têm que lidar com as pessoas, e se quiserem sobreviver, têm que dar um jeito de sair dali. As bestas, monstros que estão na névoa lembram o apocalipse com suas pragas dos últimos dias, porém há uma base do exército na cidade.

 Existem boatos de que o projeto “Ponta de Flecha” faz experiências das quais não sabem explicar, porém acreditam que por isso possam ter aberto um portal para outra dimensão. Uma personagem que chama bastante a atenção do leitor, é a Sra Carmody, que atrai vários seguidores dizendo ser um final dos tempos.
“Prega” com a bíblia nas mãos, mas suas intenções está mais pra bruxaria.

O fato é que Billy corre perigo ali por conta da loucura dessa senhora que exige sacrifícios. David e mais quatro pessoas conseguem fugir do mercado e pretendem dirigir até onde a gasolina os levarem.
 O final é esperançoso para eles.

 Assisti também o filme ( The Mist ) baseado no conto. Foi produzido em 2007, direção de Frank Darabont ( Roteirista, Diretor e Ator ). Elenco: Thomas Jane, Marcia Gay Harden, Laurie Holden...

 O filme é muito fiel ao conto com algumas exceções nas características físicas de alguns personagem e do final. O final do filme foi desesperadamente triste, só não chorei porque o choque foi maior. Adorei.

 O Nevoeiro também foi produzido em série ( 1 temporada - Netflix - 2017 ) e embora baseada no conto de Stephen King, muitas coisas são diferentes a começar pelo protagonista que também é casado, porém na série tem uma filha adolescente que fora estuprada em uma festa. A esposa e a filha ficam presa em um Shopping, David e vários outros personagens em lugares distintos.
Aos poucos passamos a conhecer com detalhes a vida de alguns personagens, principalmente a de David e sua família.
 Eu não gostei da série, não consegui me apegar a nenhum dos personagens ( você não sente emoções em suas atuações) assim como o tema “estupro” muito mal desenvolvido e o que há na névoa tem conotação voltada para o sobrenatural afetando o comportamento das pessoas, mas nada consistente. Muito ruim!

 Livro e filme eu recomendo com certeza! Série NÃO! rs

 E vocês já leram ou assistiram? Que acharam?

 Comprar agora!
 

Continue Lendo
3 comentários
Compartilhe:

segunda-feira, outubro 08, 2018

Leo Vieira: Se Convença de que Você Possa Escrever



Insegurança é normal. Aquele medo de crítica, entre outras coisas. Não tenha medo. Nem mesmo se falarem que é uma titica. Faça melhor ainda, se desafie. Se você sabe articular com as palavras, ser claro e objetivo, faz as pessoas prestarem a atenção no que diz, e mantém as pessoas atentas na conversa, você é um bom escritor e pode sim colocar isso em prática. Reúna as ideias, prepare e coloque em prática, no papel.Mas treine. E muito. Escreva um diário. Relate o que você viu no dia. Saiba relatar de forma que você vá se lembrar novamente. Seja objetivo. Há um poder mágico na escrita que o tornará muito cativante. Um bom escritor será bom em qualquer área, seja literária ou jornalística.
Leo Vieira



® Leo Vieira- Direitos Reservados


Continue Lendo
2 comentários
Compartilhe:

Títulos que talvez seja do seu interesse!