quinta-feira, setembro 26, 2019

Compre livros com descontos!

Olá, pessoal! Quanto tempo né? Eu estou me sentindo bem melhor e aos poucos voltando a postar no blog coisa que muito me fez falta. Nesse período afastada li bastante e por isso hoje quero falar sobre os cupons de descontos e o site  cupomvalido.com.br

O site CupomValido é um portal que reúne e disponibiliza cupons de desconto das principais lojas online, fazendo com que você economize em suas compras online na sua loja favorita.

Os descontos são concedidos na hora de forma totalmente segura pois a compra é realizada diretamente no site da loja. Além disso, todos os cupons são gratuitos e não precisa nem de cadastro para utilizar.

No CupomValido, estão reunidas mais de 411 lojas on line, de todos os gêneros, inclusive, claro, de livros, como a Amazon, Saraiva, Cultura, Submarino, Americanas, entre muitas outras. O valor mínimo de desconto é de 0,5% e o valor máximo chega a 90%! O site também oferece cupons de amostras grátis, frete grátis e cupons de brindes e combos.

Veja como é fácil usar o site CupomValido.

Os cupons de descontos podem ser de 2 tipos: cupons com código ou cupons através de link (sem código).

Cupom de Desconto Com Código:
1) Escolha uma das Lojas parceiras
2) Na lista de cupons da loja, clique em um dos cupons listados
3) Irá abrir um tela com um código. Copie este código
4) Na loja, cole este código no campo "Cupom" no Carrinho de Compras ou na Tela de Pagamento
Pronto! O desconto irá ser aplicado na hora!

Exemplo:
Eu cliquei na Amazon mas você pode escrever na caixinha de busca sua loja favorita.
Selecionei 50% em ebooks da Intrínseca:
Quando abrir a janela com o cupom, basta copiar e usar na loja. E você ainda pode, se quiser, deixar seu e-mail para ser avisado quando chegarem novos cupons de desconto. Super fácil e bacana não acham?

O site CupomValido não é só para compra de livros, cupons funcionam para tudo que os sites venderem.Tem cupom para quase tudo, moda, produtos de beleza, material escolar, jóias, material elétrico, etc…


Cupom de Desconto através de Link (Sem Código):
1) Escolha uma das Lojas parceiras
2) Na lista de cupons da loja, clique em um dos cupons listados
3) Você será redirecionado para a loja através de um link especial, que fornece o desconto automaticamente nos produtos
Pronto! Em algumas lojas o desconto é visualizado no carrinho de compras. Em outras o desconto já é aplicado automaticamente, diminuindo os preços dos produtos!

 O site CupomValido é atualizado diariamente, e se você não quiser cadastrar seu e-mail por loja, para receber avisos dos cupons novos, pode se cadastrar na Newsletter, assim recebe um resumo de tudo que entra.
Espero que tenham gostado da notícia e boas compras!



Continue Lendo
4 comentários
Compartilhe:

segunda-feira, setembro 23, 2019

Leo Vieira Resenha: Thammy: Nadando contra a corrente- Marcia Zanelatto e Thammy Miranda


Foi uma menina solitária. Ela nasceu no mesmo dia e ano que eu (3/9/82). Na época, sua mãe Gretchen era imensamente popular. Muito mais que Anitta ou outra cantora sensual do momento. Isso numa época ainda sob a Ditadura Militar, onde qualquer coisa podia ser um escândalo. Sua mãe trabalhava muito e a Thammy ficou habituada com a infância solitária, sofrimento calado, tristeza por não ter mãe para levá-la e buscá-la na escola, entre outras coisas de menina. Gretchen teve muitos casamentos que não deram certo e Thammy acabava sofrendo sozinha. Isso foi fazendo ela lutar pela independência e também a viver com o pai Ronny.
Uma história curiosa é que desde a gestação, todos achavam que nasceria um menino e já tinham até nome escolhido. Seu pai filmou o parto e na hora veio a surpresa. Ao saber que era uma menina e ao perguntarem o nome para por na pulseirinha, o pai imediatamente falou o nome que estava na tela da filmadora: "Thammy".
Sobre a transição hormonal para o perfil masculino, ela dá a sua explicação, inclusive relata que são altas doses de testosterona, chegando até a ser quatro vezes maiores que o normal. No livro, a biógrafa relata que Thammy é tão feminina que se interromper a inserção hormonal, é capaz de ficar com feições delicadas novamente.
Nota 4

Na minha página no Facebook vocês podem acompanhar todos os meus textos e tiras quadrinhos:
https://www.facebook.com/LeoVieiraArtes/



Eu estou no Skoob também. Me acompanhe lá e leiam as minhas resenhas:
https://www.skoob.com.br/usuario/385870-leo-vieira

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

segunda-feira, setembro 16, 2019

Leo Vieira Resenha: O Livro do Jô- Jô Soares e Matinas Suzuki Jr


Jô Soares é um homem de muitas vidas. Ele não é arrogante como muitos acham. Realmente ele é bom no que faz. Teve uma vida difícil, ao ver seu pai perder nos negócios para ficar de consciência tranquila. Cedo teve que estudar em colégio interno, a partir daí tinha a companhia a leitura. E eram muitas. Nos intercâmbios, aprendia outras línguas porque estava sempre viajando (ele fala mais de dez idiomas). Jô também praticou vários esportes, além de danças. O intelecto veio do pai e o senso de humor apuradíssimo veio da mãe, dona Mercedes (chamada de Mêcha pelos amigos próximos). Sempre muito comunicativo e cativante, não demorou muito para cair nas graças do público e ganhar espaço e sucesso na carreira artística.
Há ainda a segunda parte que conta a sua trajetória na TV. Jô Soares simplesmente é uma figura importantíssima na história da cultura do país.
NOTA 5

Na minha página no Facebook vocês podem acompanhar todos os meus textos e tiras quadrinhos:
https://www.facebook.com/LeoVieiraArtes/



Eu estou no Skoob também. Me acompanhe lá e leiam as minhas resenhas:
https://www.skoob.com.br/usuario/385870-leo-vieira

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

segunda-feira, setembro 09, 2019

Leo Vieira Resenha: Mauricio - A História Que Não Está No Gibi‎- Maurício de Sousa


Ele é um gênio. Mas uma coisa que poucos sabem é que ele venceu na vida porque é mais empresário que artista. E pra ser bem sucedido fazendo o que gosta, deve-se ser mais criativo do que metódico.
Maurício é um homem que aproveitou oportunidades e tirava bons negócios de onde apareciam brechas.
Ele não é pioneiro nisso. Antes dele, no Brasil havia o Ziraldo. E até mesmo antes do Ziraldo, alguns desenhistas apareciam timidamente em publicações de quadrinhos, mas nenhum foi muito a frente e poucos são lembrados.
Sem dúvida, o Maurício é o mais destacado. Com suas incansáveis e persistentes tiras nos jornais, ele foi ganhando espaço quando ainda nem mesmo tinha ideia de que cor teriam os seus personagens. Por isso que muitos dos personagens têm aqueles pés redondinhos da cor da pele. Os negócios foram surgindo, vierem os primeiros licenciamentos e as chances de levarem os personagens para outras linguagens comerciais e plataformas até surgir as tão populares revistas em quadrinhos.
Durante o livro, Maurício conta sobre o boicote da Disney nas publicações na Abril. Praticamente o aumento de tiragem era impedido e os negócios ficavam estrangulados pelas mãos da Disney, que não aceitaria uma outra estrela na casa. Muita decepção, irritação, entre outras coisas (O Civita quase deu uma rasteira no Maurício no contrato da publicação da Revista. Se não fosse o advogado do Maurício, ele praticamente perderia a família de personagens), acabou migrando para a Globo, onde ganhou muito mais projeção comercial. Ele fala da perda da segunda esposa, momentos tristes (ele prefere não falar sobre a morte do filho Maurício Spada por ter sido muito recente na época em que escrevia), revela sobre a importância da sua esposa Alice nos negócios, desde a época da Abril.
Mesmo após o caso extraconjugal onde teve o seu filho caçula Marcelo, ainda assim conseguiu recuperar o casamento. Houve também o sequestro desse filho, onde ele passou um imenso transtorno.
Nem tudo são flores. O Maurício conta sobre o sufoco no seu projeto na Globo que foi um verdadeiro conto do vigário. A Globo ofereceu parceria em troca de criar vários parques temáticos, um programa infantil da Turma da Mônica em rede nacional e um canal de TV a cabo somente dos seus personagens.
Para isso o Maurício teria que adquirir o Parque de São Paulo para que compartilhasse os trâmites da gestão junto com a Globo. Aquilo foi um desastre e gerou um prejuízo imenso. O Maurício teve que investir em um gigantesco estúdio de animação para poder suprir a demanda de desenhos para preencher o tal canal de TV da Globo, o que não ocorreu. A história é longa e a briga foi feia.
Com isso se aprende a nunca fazer nada de boca.
Algo semelhante também aconteceu com o Ely Barbosa (Turma da Fofura) e o SBT, onde Silvio Santos ofereceu a estrutura do estúdio para produzirem desenhos animados, mas nada foi cumprido e o Ely perdeu tempo e dinheiro.
Daniel Azulay também não foi muito longe nos quadrinhos e licenciamentos porque tomava prejuízo nas prestações de conta dos clientes.
É uma história grande e maravilhosa. A gente fica pensando: será que haveria outro Maurício de Sousa, se ele não fosse tão persistente e criativo? Ou então se haveria um artista que marcasse tanto a infância quanto ele? Isso e outras coisas o tornam tão interessante na história da cultura do Brasil.
NOTA 5


Na minha página no Facebook vocês podem acompanhar todos os meus textos e tiras quadrinhos:
https://www.facebook.com/LeoVieiraArtes/



Eu estou no Skoob também. Me acompanhe lá e leiam as minhas resenhas:

https://www.skoob.com.br/usuario/385870-leo-vieira



Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

segunda-feira, setembro 02, 2019

Leo Vieira Resenha: Éramos Seis- Maria José Dupré


Esse livro é uma verdadeira viagem no tempo. Conta com detalhes incríveis e sem ser enfadonho, como era a vida sem tecnologia e tão agitada com os conflitos de uma família comum. Há o drama da Eleonora de Lemos, a dona Lola, uma jovem senhora com quatro filhos, cada um de um jeito diferente e  todos sob o olhar autoritário do patriarca Júlio. Ao longo da narrativa toda sob o ponto de vista da dona Lola, várias coisas ruins vão acontecendo. Perda de parentes, filhos crescendo e ela perdendo o controle de tudo. Muitos dilemas e sofrimentos, vida difícil, corrida ao longo dos anos e envelhecimento pesando... solidão.
Ao ler, constatamos como é um livro atual. Como existem donas Lolas por aí. Todas as senhoras por mais felizes e realizadas que sejam se sentem tristes por algum motivo. E quantas dessas donas Lolas do cotidiano na vida real também não devem ter ótimas histórias ocultas a descobrir?
Éramos Seis é um livro a ser descoberto.
NOTA 5



Na minha página no Facebook vocês podem acompanhar todos os meus textos e tiras quadrinhos:
https://www.facebook.com/LeoVieiraArtes/



Eu estou no Skoob também. Me acompanhe lá e leiam as minhas resenhas:
https://www.skoob.com.br/usuario/385870-leo-vieira

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

Títulos que talvez seja do seu interesse!